Renato volta a cobrar o recapeamento da MS-475 de Novo Horizonte do Sul à MS-141

Compartilhe:

O deputado estadual Renato Câmara (MDB), preocupado com a segurança viária dos usuários que trafegam no trecho que liga a zona urbana do município de Novo Horizonte do Sul à MS-141, está reivindicando ao Governo do Estado o recapeamento da MS-475. “O citado percurso apresenta sérios problemas, incluindo buracos, irregularidades na superfície da pista e desgaste significativo do asfalto”, afirmou Renato ao justificar a necessidade do recapeamento.

O parlamentar informa que recebeu este pleito encaminhado pela Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul, especificamente do prefeito Aldenir Barbosa do Nascimento. “Já havíamos apresentado esta reivindicação, porém, como não houve atendimento, agora estamos cobrando as providências através de Indicação que endereçamos ao governador Eduardo Riedel, ao Secretário de Estado de Infraestrutura e Logística Hélio Peluffo Filho e ao diretor-presidente da AGESUL, Mauro Azambuja Rondon Flores.

A reivindicação de recapeamento da rodovia MS-475 no trecho que conecta o município de Novo Horizonte do Sul à MS-141, estabelecendo uma ligação crucial com o município de Ivinhema, é uma medida necessária e urgente para garantir a segurança e a mobilidade dos cidadãos que utilizam essa via.

“Atualmente, as condições precárias da MS-475 não apenas comprometem a segurança dos motoristas, mas também aumentam o risco de acidentes e danos aos veículos que trafegam pela rodovia. Além disso, a falta de manutenção adequada do pavimento asfáltico afeta diretamente a economia local e regional, pois, o transporte de mercadorias, insumos agrícolas e produtos manufaturados é prejudicado pelo estado deteriorado da via, resultando em atrasos nas entregas, aumento nos custos logísticos e impactos negativos no desenvolvimento econômico da região”, destaca Renato em sua Indicação.

O parlamentar aponta que a ligação entre Novo Horizonte do Sul e Ivinhema desempenha um papel fundamental no escoamento da produção agrícola, no transporte de passageiros e no acesso aos serviços públicos e privados. “Portanto, o recapeamento da rodovia MS-475 não é apenas uma questão de conforto, mas uma necessidade urgente para garantir a conectividade e o desenvolvimento socioeconômico desses municípios”, finaliza Renato Câmara, vice-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

 

(Roney Minella – Assessoria Parlamentar)