Presidente da ALEMS entrega Governo e ressalta parceria entre Poderes

Divulgação

Compartilhe:

Após oito dias à frente do Governo do Estado, conforme dispositivo constitucional, o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), Gerson Claro (PP), entregou o comando do Poder Executivo ao vice-governador, Barbosinha (PP), nesta terça-feira (2). “Procuramos manter o ritmo que o governador [Eduardo Riedel] estabeleceu. Quero agradecer a toda a equipe do governador e dizer que seguimos no compromisso, na Assembleia, de ajudar a manter o Estado nesse ritmo, trabalhando com muito respeito e responsabilidade, tocando as demandas públicas que interessam ao Estado”, afirmou o presidente.

Como governador interino, Gerson Claro cumpriu agenda em Campo Grande e no interior do Estado, com ações em pelo menos quatro áreas estratégicas. Formalizou a regularização de três áreas em Paranaíba. “Essa iniciativa não apenas impulsiona investimentos, mas também abre caminho para melhorias significativas para o município. A documentação recém conquistada permitirá projetos dedicados ao bem-estar da população, algo essencial para o desenvolvimento e a legalidade de obras”. 

Autorizou aditivo de mais de R$ 1 milhão para recapeamento em quatro bairros de Cassilândia e inaugurou a estrada que leva à Cooperativa Agroindustrial Alfa. “Cada pedaço de pavimento simboliza a união de esforços para fortalecer nosso Estado, favorecendo produtores, fornecedores e toda a população”, disse. 

Gerson também celebrou convênios que asseguram cerca de R$ 780 mil para a saúde em Novo Horizonte do Sul e modernização do Estádio Municipal de Sidrolândia, com R$ 1,6 milhão em investimentos. “Investir no esporte é sinônimo de qualidade de vida, de lazer e diversão. Isso vai consolidar a cidade no calendário do futebol, gerando oportunidades e inspirando sonhos”, avaliou. 

Harmonia

Para Barbosinha, agora governador interino até dia 14 de janeiro, a atuação do presidente da ALEMS representou a harmonia, compreensão e diálogo, que foram a tônica entre os Poderes ao longo de 2023. “A presença do nosso presidente da Assembleia Legislativa, que é o substituto constitucional do governador, revelou exatamente esse clima harmonioso e penso que essa é a grande receita que faz com que Mato Grosso do Sul caminhe muito bem”, disse.  

Barbosinha reiterou a importância de toda a equipe técnica para garantir o bom andamento do Estado, que comparou a uma sinfonia. “Nessa grande orquestra que é o Estado o maestro é o governador. E a gente sabe que o Governo, para caminhar bem, precisa ter essa sintonia afinada com a Assembleia Legislativa, que sempre teve a sensiblidade de compreender as necessidades do Estado”, afirmou. “Com muito diálogo, Mato Grosso do Sul segue evoluindo e cuidando bem das pessoas, o que é a nossa meta maior”, concluiu.