Passageira de aplicativo que seguia com maconha junto ao corpo é presa pelo DOF

Compartilhe:

Policiais militares do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) prenderam na noite desta quarta-feira (29) uma mulher de 25 anos de idade que seguia para a Capital transportando um quilo de maconha. A droga estava presa ao corpo da mulher com fitas plásticas adesivas.

Os militares realizavam um bloqueio policial para fiscalização na rodovia MS-162, área rural do município de Sidrolândia, quando deram a ordem de parada ao condutor de um veículo Onix de cor cinza, que se identificou como motorista de aplicativo e que transportava dois passageiros, de Ponta Porã para Campo Grande (MS).

Durante a vistoria no veículo, os policiais perceberam que a mulher andava com certa restrição de mobilidade. Perguntado a respeito, disse que transportava droga presa ao seu corpo. Ela foi encaminhada até um hospital de Sidrolândia, onde uma enfermeira auxiliou na retirada da droga distribuída em quatro volumes.

A mulher disse que foi contratada para pegar a maconha na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero e levar até Campo Grande. A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia da Polícia Federal em Campo Grande. O prejuízo estimado ao crime foi de R$ 2 mil.