Nos pênaltis, Santos vence o Al-Duhail na segunda rodada da Equality Cup

Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Compartilhe:

O Santos FC venceu o Al Duhail, do Catar, nas penalidades, conquistando os dois primeiros pontos na Equality Cup. Após empate em 2 a 2 no tempo normal, com gols de Ivonei e Derick, o Peixe foi melhor nos pênaltis e bateu a equipe local por 4 a 3. A partida aconteceu no Estádio Jassim Bin Hamad, em Doha, na tarde desta sexta-feira (9). Hyan, Gabriel Bontempo, Diego Matos e Felipe Laurindo converteram suas cobranças e João Fernandes defendeu uma.

O Peixe encerra a participação na competição internacional em duelo com o Zenit, marcado para a próxima terça-feira (13). No mesmo Estádio Jassim Bin Hamad, a partida tem início marcado para as 11 horas de Brasília, 17 horas de Doha.

O jogo

Os primeiros minutos tiveram amplo domínio santista, com controle da posse de bola no campo de ataque. No entanto, bem postado defensivamente, o Al Duhail não permitia grandes chances de gol.

Mas aos 14 minutos, Weslley Patati recebeu passe de Ed Carlos pela ponta direita, invadiu a área fintando seu marcador e foi derrubado, em penalidade máxima. Na cobrança, Ivonei deslocou o goleiro e balançou as redes do canto direito, abrindo o placar para o Santos FC.

Aos 20, o Peixe seguia controlando a posse e Ed Carlos acertou belo lançamento para Miguelito. O camisa 11 passou para Ivonei, que acionou Pedrinho Scaramussa, invadindo a àrea pela esquerda. Na batida cruzada, a bola passou pela frente da meta e, na sequência, foi recuperada pela equipe local.

Aos 28, o Al Duhail pressionava no ataque em busca do gol de empate. Sob pressão, Ed Carlos passou para João Fernandes, que não conseguiu dominar a bola e acabou sofrendo o gol.

O Santos retomou a vantagem no placar pouco depois, aos 31 minutos. Em cobrança de falta, Ivonei alçou a bola à área e, com desvio de leve, Derick completou para as redes do canto direito.

Já nos acréscimos, o Peixe pressionava a saída de bola adversária e Ed Carlos bloqueou chute do goleiro. A bola por pouco não entrou no gol e acabou saindo sobre a meta.

Na segunda etapa, com apenas dois minutos, o Al Duhail voltou a empatar o jogo. Philippe Coutinho recebeu a bola pela direita da área e cruzou com perfeição para Ibrahima Diallo. Do meio da área, ele concluiu de primeira para o fundo das redes.

Com seis minutos, o Peixe respondeu em chegada da Weslley, pela ponta direita. Em finalização colocada, o camisa 7 mandou a bola muito perto do ângulo esquerdo e fez ela tocar a rede por cima da meta.

Aos 24, em cobrança de falta pelo lado direito, Cadu bateu fechado e surpreendeu o goleiro, que teve de se esticar para fazer a defesa. Weslley chegou pela esquerda para tentar completar para as redes, mas não pôde alcançar a bola.

Quatro minutos depois, Weslley interceptou passe errado do goleiro, dominou a bola e passou para Enzo Monteiro, no meio da área. O camisa 9 girou e finalizou, mas o goleiro Shehan Ellethy se esticou para desviar em escanteio.

Já aos 43, Weslley bateu falta pela direita, cruzando para a grande área. A bola chegou à cabeça de Rodrigo Cezar, que desviou na direção de Felipe Laurindo. Na finalização do camisa 21, o zagueiro Yousif Ayman pulou e tirou a bola do ângulo direito, de cabeça.

No minuto seguinte, Weslley arriscou finalização com muita força de fora da área e levou perigo mais uma vez, mandando a bola a poucos centímetros do travessão, sobre a meta.

FICHA TÉCNICA

SANTOS FC 2 (4) X (3) 2 AL DUHAIL (CATAR)

Local: Estádio Jassim Bin Hamad, em Doha, no Catar
Data: sexta-feira, 9 de fevereiro de 2024
Horário: 10h (de Brasília) / 16h (de Doha)
Árbitro: Alexey Sukhoy (Rússia)
Assistentes: Alexey Lunev e Egor Bolkhovitin (Rússia)
Cartão amarelo: (SFC) Weslley; (DUH) Assim Madibo
Gols: (SFC) Ivonei (de pênalti), aos 15′ e Derick, aos 31′ do 1ºT; (DUH) Ed Carlos (gol contra), aos 28′ do 1ºT e Ibrahima Diallo, aos 2′ do 2ºT
Pênaltis: (SFC) Hyan, Gabriel Bontempo, Diego Matos e Felipe Laurindo; (DUH) Abdulaziz Mohammed, Abdul Hafiz Sabri e Kim Moon Hwan
Santos FC: João Fernandes; Cadu (JP Chermont), Derick, Thiago Balieiro e Pedrinho Scaramussa (Kenay); Vinícius Balieiro (Balão), Ed Carlos (Hyan) e Ivonei (Gabriel Bontempo); Weslley (Felipe Laurindo), Miguelito (Diego Matos) e Enzo Monteiro (Rodrigo Cezar). Técnico: Orlando Ribeiro
Al Duhail: Shebab Ellethy; Kim Moon Hwan, Lucas Veríssimo (Yousif Ayman), Ibrahima Bamba e Abdul Hamid Subai; Ibrahima Diallo (Tahsin Mohammed), Assim Madibo e Philippe Coutinho (Fares Said); Isaac Lihadji (Abdul Hafiz Sabri), Suhaib Ganan e Abdullah Al Sawaf (Abdulaziz Mohammed). Técnico: Cristophe Galtier

Santos FC