Na inauguração de escola com apoio do Governo, obra na MS-289 é anunciada em Amambai

Divulgação

Compartilhe:

Com apoio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, para construção e início do funcionamento, a Escola Rural Municipal Novo Horizonte, foi inaugurada na sexta-feira (19) em Amambai.

Na solenidade, o governador Eduardo Riedel falou sobre o trabalho realizado pelo Executivo na área e a importância do acesso à educação em todo o Estado e anunciou a licitação para pavimentar a rodovia MS-289, onde fica a unidade escolar.

“A educação pofe fazer, e faz, a transformação do nosso Estado. Esta escola, mais próxima dos alunos, pode dar condições de progresso, principalmente para aqueles que mais precisam. O projeto de pavimentação da MS-289 tem tres etapas e vamos começar pelo terceiro, que terá a licitação lançada”, disse Riedel.

A Escola Rural Municipal Novo Horizonte, que foi construída (com investimentos privados do Grupo Solo Mio) na MS-289, entre os municípios de Amambai e Juti, é a única unidade de ensino na região. A rodovia é o principal eixo de ligação dos moradores da região e uma necessidade antiga.

Na construção da escola, que tem sete salas de aula e demais dependências, no padrão de edificação exigidos pelo MEC (Ministério da Educação), foram investidos R$ 980 mil. O prédio tem capacidade para atender 250 estudantes – a partir das séries finais da pré-escola, ensino fundamental, até o 3º ano do ensino médio.

A última etapa – do 1° ao 3° ano do ensino médio –, que terá início em 2025, tem o apoio do Governo do Estado na cedência de professores, extensiva a turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Durante a inauguração, o Grupo Solo Mio assinou o termo de cedência da unidade de ensino para a Prefeitura Municipal de Amambai. Até o momento, 130 estudantes – do 1° ao 9° ano do ensino fundamental – estão matriculados no local, para o ano letivo de 2024.

Além da consultoria oferecida pela SED (Secretaria de Estado de Educação), para construção da escola no padrão de edificação do MEC e da cedência dos professores para as turmas do 1° ao 3° ano do ensino médio, também foram cedidos computadores para a instalação da sala de informática da escola.

“As crianças vão ter melhoria na qualidade ee vida, estuando mais próximo de casa. Investir em educação é o único caminho para mudar a realidade”, disse o prefeito de Amambai, Edinaldo Bandeira.

A inauguração reuniu a primeira-dama Mônica Riedel, o secretário Eduardo Rocha (Casa Civil), além dos representantes do Grupo Solo Mio (Família Gollo), Luiz Ovando (deputado federal), Zé Teixeira (deputado estadual) e autoridades municipais.

“Eu aprendi que se a gente quer fazer alguma coisa diferente, temos que começar a mudar primeiro perto de nós. Estamos nos movimentando e lutando para a nossa região melhorar e prosperar. A escola é uma devolução para a sociedade”, disse Rafael Gollo, CEO do Grupo Solo Mio.

História

A Escola Novo Horizonte é fruto da iniciativa da família Gollo e surgiu no ano de 1996, com uma sala improvisada nas dependências da fazenda do mesmo nome, atendendo 20 alunos.

Na região vivem aproximadamente 250 crianças e jovens em idade escolar, e por isso surgiu a necessidade de ampliar o espaço de ensino. Instalada entre Amambai e Juti, a unidade atenderá a comunidade rural dos dois municípios, onde estão localizados os assentamentos Querência (150 famílias) e Magno de Oliveira (100 famílias), além da Aldeia Indígena Jaguari, onde vivem 300 famílias.

Educação

Na semana passada, o Governo do Estado entregou a reforma geral da Escola Estadual Coronel Felipe Brum com investimentos de mais de R$ 11,7 milhões para a reforma geral e mobiliário. A unidade escolar atende 499 estudantes matriculados do 6º ao 9º do ensino fundamental integral e parcial.

História

A Escola Novo Horizonte é fruto da iniciativa da família Gollo e surgiu no ano de 1996, com uma sala improvisada nas dependências da fazenda do mesmo nome, atendendo 20 alunos.

Na região vivem aproximadamente 250 crianças e jovens em idade escolar, e por isso surgiu a necessidade de ampliar o espaço de ensino. Instalada entre Amambai e Juti, a unidade atenderá a comunidade rural dos dois municípios, onde estão localizados os assentamentos Querência (150 famílias) e Magno de Oliveira (100 famílias), além da Aldeia Indígena Jaguari, onde vivem 300 famílias.

Educação

Na semana passada, o Governo do Estado entregou a reforma geral da Escola Estadual Coronel Felipe Brum com investimentos de mais de R$ 11,7 milhões para a reforma geral e mobiliário. A unidade escolar atende 499 estudantes matriculados do 6º ao 9º do ensino fundamental integral e parcial.