Menina de 5 anos que ficou presa em carro é encontrada morta em Gaza

Freepik

Compartilhe:

Uma menina palestina de 5 anos que ficou presa em um carro com seus parentes mortos depois de ter sido alvo de fogo israelense em Gaza no mês passado foi encontrada morta.

“A criança [Hind Rajab] e todos que estavam no carro foram encontrados mortos pelo exército israelense perto do posto de gasolina Fares, na área de Tal Al-Hawa, a sudoeste da cidade de Gaza”, disse Khader Al Za’anoun, um jornalista palestino que trabalha para CNN que falou com o avô da criança.

Em 29 de janeiro, Hind viajava num carro com o tio, a esposa e os quatro filhos, fugindo dos combates no norte de Gaza, quando foram atacados por Israel, segundo a Sociedade do Crescente Vermelho Palestino (PRCS).

O primo de Hind, Layan Hamadeh, de 15 anos, fez um pedido desesperado de ajuda aos serviços de emergência, que foi gravado pela PRCS e partilhado nas redes sociais. O áudio de tiros ouvidos durante a ligação revelou que Hamadeh foi morto enquanto fazia a ligação.

Dois funcionários da ambulância do PRCS enviados para encontrá-la também morreram, disse a organização.

Logo após o incidente, a CNN deu aos militares israelenses detalhes sobre o incidente, incluindo coordenadas fornecidas pela Sociedade do Crescente Vermelho Palestino. Em resposta, as Forças de Defesa de Israel (IDF) disseram que “não estavam familiarizadas com o incidente descrito”.

Quando contatadas novamente pela CNN, as Forças de Defesa de Israel disseram que “ainda estavam investigando o assunto”.

CNN