Marcelo Teixeira assume gestão para triênio no Santos

Raul Baretta/ Santos FC

Compartilhe:

Marcelo Teixeira, novo presidente eleito do Santos, assumiu o posto a frente do clube nesta terça-feira (02). Agora, Teixeira ‘pega a caneta’ e já pode tomar decisões pelo clube. No primeiro dia, Marcelo visitou todas as dependências do clube e conversou com os funcionários. O cartola avaliou o retorno à presidência do clube.

“Muita emoção, mas compromisso também e responsabilidade. Notei que nos departamentos tem profissionais que conheço, outros não, mas que tive condições de acompanhar no processo de transição. Uma noção do funcionamento desses setores, isso é importante e pela nossa experiência é válido. Chegamos mais a frente dos processos. Visitei as dependências e a estrutura continua a mesma, um pouco deteriorada necessitando de investimentos e recursos para que a gente possa melhorar a qualidade, o conforto e a segurança da Vila Belmiro e dos funcionários. Estou bastante otimista, confiante e tenho os primeiros compromissos agendados. Era transição e agora como presidente do clube vamos ter reuniões de departamento com soluções e decisões que vinhamos tendo do estudo do planejamento para esse ano. Vamos colocar em prática de acordo com os profissionais que estão chegando nos setores”, analisou.

O Alvinegro já anunciou o técnico Fábio Carille e mais onze contratações, mas só agora poderá formalizar os contratos. Marcelo Teixeira revelou comprometimento de todo os profissionais do clube e fala em projeto de reconstrução.

“Bastante trabalho, mas tenho a retaguarda dos profissionais que já trabalham no clube. Não queremos mudanças drásticas, faremos decisões pontuais no intuito de reforçar o trabalho para reforçar o objetivo muito claro. Fiquei impressionado com o comprometimento dos funcionários já no período de transição, principalmente nossa equipe financeira e administrativa. Todos falando que estavam prontos a contribuir, colaborar e fiquei emocionado de ver essas expressões espontâneas. Há um movimento muito forte e não poderia ser diferente. Todos estão cientes do momento grave do clube e estão dispostos a contruibir para reconstruir uma nova história e reestruturarmos um projeto a curto e médio prazo”, completou.

Ele vai presidir o Peixe no triênio 2024-2026 depois de vencer as eleições em dezembro fazendo parte da Chapa 5. Marcelo foi eleito com 4.762 votos, sendo 3.492 online e 1.270 presenciais – 54,1% dos votos válidos. Natural de Santos (SP), Marcelo Teixeira nasceu em 28 de abril de 1964. Administrador de empresas e advogado, o cartola já presidiu o Santos nos anos de 1992, 1993 e de 2000 a 2009. Em seu primeiro mandato, não conquistou títulos para o clube.

No retorno, foi presidente durante a conquista do título Brasileiro de 2002, encerrando um jejum de 18 anos sem títulos para o Peixe. Além desse feito, foi campeão do Brasileirão em 2004, Paulistão de 2006 e 2007, e obteve alguns vice-campeonatos, como o da Libertadores de 2003 e dos Brasileiros de 2003 e 2007.