Lula não vai à posse de Milei mesmo com carta, mas cogita telefonema, dizem interlocutores

Foto: EFE/Juan Ignacio Roncoroni

Compartilhe:

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mantém a posição de não comparecer a posse de Javier Milei, mesmo após receber uma carta do presidente eleito de Argentina.

Não está totalmente descartada a possibilidade de um telefonema.

Segundo interlocutores do presidente, Lula decidiu não ir não só para evitar desgate como para preservar a relação entre os dois países. Milei convidou o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e Donald Trump.

Ainda não há definição se Lula vai ou não telefonar para Milei parabenizando pela eleição, o que acabou sendo feito por Joe Biden, presidente dos Estados Unidos.

No domingo (26), a futura chanceler do governo Milei, Diana Mondrino, esteve no Brasil para uma visita supresa e trouxe uma carta do presidente eleito para Lula.

Na carta, Milei convida Lula para a posse e fala na construção de pontes.

CNN