Laudir questiona Agetran sobre funcionamento dos detectores de avanço de sinal no período noturno

Divulgação

Compartilhe:

O vereador Laudir Munaretto (MDB) questionou o Executivo Municipal, por meio da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), quanto ao funcionamento dos detectores de avanço de sinal no período noturno em Dourados.

Na terça-feira, 6 de fevereiro, foi publicada a portaria n.04/2024 no Diário Oficial do município comunicando a instalação dos eletrônicos para registrar infração de avanço de sinal vermelho, em 23 pontos de semáforos da cidade.

Entretanto, desde agosto de 2023, o parlamentar alerta para a situação daqueles que precisam trafegar pelas ruas no período noturno, em especial das 22h às 5h.  Na ocasião, foi protocolada uma indicação solicitando informações sobre o funcionamento dos equipamentos à noite.

Dentre os questionamentos encaminhados à Agetran está a questão das multas, caso os motoristas ultrapassem o sinal vermelho; ou se existiria a possibilidade de os aparelhos ficarem amarelos como um sinal de alerta, em determinados horários.

Em sessão ordinária, o parlamentar reiterou o pedido, visando a segurança dos motoristas que transitam no período noturno, especialmente trabalhadores. Laudir destaca que, ao parar no sinal vermelho para evitar a infração, muitas vezes os populares se colocarão em risco.

“Sabemos que o trânsito de Dourados é perigoso, devido a várias imprudências que ocorrem diariamente, mas é necessário que cada um assuma sua parcela de responsabilidade. Além disso, não é seguro que trabalhadores parem em vias públicas sem qualquer fluxo de veículos”, afirmou Munaretto.