Gabigol pede desculpas à torcida do Flamengo e explica foto com camisa do Corinthians

Gabigol, atacante do Flamengo, utilizando a camisa do Corinthians (Foto: Reprodução)

Compartilhe:

Atacante do Flamengo, Gabigol assumiu que vestiu a camisa do Corinthians durante confraternização, situação que ocasionou a perda da camisa 10 rubro-negra. Em entrevista ao Uol, o atacante admitiu pela primeira vez a autenticidade da foto e pediu desculpas à torcida da equipe carioca.

– Primeiro, eu errei. Acho que é errar, pedir desculpas, saber que eu errei. Mas nesse momento que a foto saiu, eu fiquei muito perplexo. Fiquei sem entender. Esse período que fiquei sem falar, sem me pronunciar, foi um período que tirei para pensar. É claro que na emoção dos fatos, o meu primeiro pensamento foi negar. Como eu falo com meus amigos, eu coleciono camisas, troco camisas, seja de seleção, de basquete, e essa camisa eu acabei recebendo e usando – disse o atacante.

Na sequência, o jogador explicou que planeja renovar seu contra com o Flamengo e revelou que o episódio, que aconteceu na última sexta-feira, não altera o cenário das negociações.

– Eu acho que não muda o cenário. É uma coisa conversada pelos dois lados. Eu nunca gosto de conversar sobre isso, porque pode colocar as minhas palavras de forma errada e criar uma crise que não acho que seja certo. Não gosto quando as pessoas falam, principalmente as que não sabem a verdade. Eu acho que isso vai ser resolvido da melhor maneira possível. Todo mundo sabe e não é escondido de ninguém que eu quero muito ficar no Flamengo – afirmou.

CONTEXTO DA FOTO

“Eu acho que estava em casa, em um período de folga. A gente estava em um jogo muito importante na Libertadores, que a gente precisava ganhar. Eu também fiquei um período fora por causa da questão do doping. E convidei algumas pessoas que vieram aqui em casa durante esse período, para poder me ajudar, me dar um incentivo, acompanhar alguns treinos meus. Foi o primeiro dia que eu tive um pouco de tranquilidade para poder curtir com eles. A gente estava em uma resenha, um churrasco de amigos, pessoas do Flamengo, amigos meus, pessoais. E aí acabou saindo essa foto que mudou todo o panorama da história”

O QUE VOCÊ APRENDEU COM A SITUAÇÃO

“Primeiro, não confiar em todo mundo, né? A pessoa que fez isso claramente foi maldosa. E também não usar mais, é claro. Independente de estar dentro da minha casa ou em algum outro lugar. É claro que não faria isso se não estivesse na minha casa, totalmente desarmado, totalmente relaxado. Já usei várias outras camisas. Para mim, o que mais vale pontuar, eu não escolhi a camisa para acontecer isso, tudo isso. Só usei a camisa porque estava dentro da minha casa, como já usei outras várias”

QUEM TIROU A FOTO

“Pessoas maldosas que agem assim, acho que não vale a pena tocar nesse assunto. O que eu fiz foi orar muito para ele, para que essa maldade saia do coração dele. Porque a gente estava em uma resenha de amigos, a pessoa ficou aqui em casa cerca de 20, 30 minutos. Não era algo grande. Não era algo que eu precisaria tomar tanto cuidado assim.”

RELAÇÃO COM A COMISSÃO TÉCNICA

“Acho que muitas pessoas que não gostam de mim, e eu sei que são várias, se aproveitaram desse momento que vazou essa foto. Sei que poderia ter feito antes, ter pedido desculpas, como estou fazendo aqui agora. Mas foi um choque muito grande, que aconteceu dentro da minha casa. E se tem uma coisa que eu dou valor é minha casa. Um ambiente totalmente restrito, que só vem pessoas que eu confio. E acabou acontecendo isso. Durante aquele dia, eu fiquei incrédulo, depois fui descansar, fui dormir. Não sou de ver rede social, internet. No outro dia, a diretoria tomou conta de tudo, me ouviu. Foi muito sincera comigo. E também eu pedi para não treinar porque estava sem cabeça naquele momento. Foi realmente algo que me machucou. E só hoje eu falei com o professor Tite, só hoje eu pedi desculpas aos jogadores. Cara, a reação que eles tiveram foi a melhor possível. Era isso que eu esperava deles, na verdade. Esse ato de botar a camisa vários jogadores devem fazer na casa deles, em algo relaxado. Antes de dormir, coloca um short que ganha de outro time. Eles me compreenderam. É claro que eu pedi desculpa, assumi o meu erro, mas, na minha cabeça, é vida que segue.”

Lance