Encontro de Procons: debates fortalecem rede em defesa do consumidor de MS

Compartilhe:

Durante três dias em Rio Brilhante, município distante 162 quilômetros de Campo Grande, servidores de Procons municipais de Mato Grosso do Sul debateram ações integradas que possam fortalecer a rede de orientação e defesa dos consumidores no Estado.

Na pauta, entre os dias 27 e 29 de maio, estiveram os serviços financeiros, energia elétrica, assim como superendividamento, proposta de pesquisa de preços integrada e solução para o atendimento das demandas de telefonia.

XXIII Encontro dos Procons Municipais de Mato Grosso do Sul foi promovido pela Sead (Secretaria de Estado de Assistência Social e dos Direitos Humanos) e a Prefeitura de Rio Brilhante, com organização conjunta do Procon/MS (Secretaria Executiva de Orientação e Defesa do Consumidor) e Procon Rio Brilhante.

Experiências e inovação

Procurador municipal no Procon Dourados, Lenilson Almeida da Silva compartilhou com os participantes a experiência local na tramitação e julgamento dos processos administrativos.

Coordenadora da Ouvidoria da Claro, Camila Bernardes apresentou um totem de atendimento da empresa que permite atender de forma exclusiva a demanda do consumidor nos Procons. A ferramenta, adotada desde 2020, hoje está presente nos Procons Campo Grande, Dourados e Três Lagoas. Todas as interações são monitoradas a fim de garantir a eficácia do atendimento.

Pesquisa ampliada

O Procon/MS aproveitou o encontro para convidar as instituições municipais a colaborar no processo de pesquisa de preços. A ideia consiste em coletar e tratar dados por regiões, a fim de ampliar o serviço hoje ofertado. Sua implementação será coordenada pela UORP (Unidade de Orientação e Pesquisa).

Ações conjuntas

No evento o presidente da FNCE (Frente Nacional dos Consumidores de Energia), Luiz Eduardo Barata, reforçou a necessidade dos Procons estarem integrados aos debates sobre o setor de energia elétrica quanto ao seu custo, necessidade de reforma do segmento, reavaliação dos subsídios concedidos e a efetiva participação dos consumidores na renovação das concessões.

Grupos de trabalho formados pelos participantes listaram ainda itens de melhoria na relação com a empresa concessionária Energisa, cobrando desta um atendimento mais qualificado.

“Nesta edição ampliamos o diálogo, listamos pontos de melhoria e alinhamos estratégias de ação para que juntos tenhamos mais eficácia na defesa dos direitos consumeristas”, pontua o secretário-executivo do Proco/MS, Angelo Motti. “Em nosso próximo encontro, previsto para novembro, vamos mobilizar também os prefeitos eleitos e reeleitos para compreender nosso trabalho e buscar seu apoio”.

Kleber Clajus, Comunicação Procon/MS