Empresa de logística rodoviária e armazenagem, Amazon chega a Dourados com investimento de R$ 33 milhões

Compartilhe:

O município de Dourados foi escolhido para sediar mais uma filial da Amazon, uma empresa com mais de 50 anos de atuação em logística rodoviária, focada no transporte de carga seca para a região norte do país, com 8 filiais, mais de 50 veículos de tração próprios e 400 implementos. Segundo o diretor, Daniel Di Gregorio, o investimento na cidade gira em torno dos R$ 33 milhões, considerando terreno, construção e capital de giro para o início da operação, que está prevista para maio/2024 para atender aos clientes no período da safra e do plantio.

“Com o objetivo de diversificar nossos negócios, vimos na cadeia logística agro uma grande oportunidade, pois se trata de um setor resiliente e com crescimento ano após ano. Desta forma, em 2019 iniciamos nosso caminho no agro com o transporte de defensivos agrícolas, que ainda é um dos nossos ramos de atuação e, em 2021, fizemos nosso primeiro investimento em um armazém refrigerado para logística de sementes. Localizado em Ibiporã/PR. Ele tem 8.000 m2 e está sendo expandido para 12.000 m2 com conclusão em maio/24. Nosso foco principal é a logística de sementes de soja e milho, mas também operamos sementes de arroz, biológicos, entre outros. Enxergamos em Dourados uma boa oportunidade para implantação de um armazém similar, com 8.000 m2 na 1ª fase e com possibilidade de dobrar de tamanho nos próximos anos”, explica.

A escolha por Dourados está ligada aos atrativos como a localização, crescimento demográfico e a capacidade de expansão e crescimento. “O MS teve um crescimento do PIB do agronegócio relevante em 2023, em torno de 32%, o maior crescimento do país, e representou cerca de 7,6% da produção agropecuária nacional, com destaque para a soja, 7,2%, o milho, 12,3%, e o algodão, 1,8%. Com relação à Dourados, está entre os 15 maiores produtores de milho do país, sendo o maior produtor do estado, e se situa em uma região com alta produtividade – em um raio de 200km concentra em torno de 65% de área de plantio do MS. Com uma das maiores taxas de crescimento demográfico do país, é a segunda maior cidade do estado em número de habitantes, atrás apenas de Campo Grande, o que propicia uma boa oferta de mão de obra qualificada, além de ter uma indústria agrícola que vem passando por profundas transformações com grandes cooperativas, como a Coamo, C.Vale e Lar, instaladas no município. Além disso, o MS é um estado que tem uma grande capacidade de expansão de área de plantio e de produção, com crescimento relevante nos últimos anos, acima da média nacional”, pontua Daniel.

O empresário também destaca a importância da parceria com a Prefeitura na abertura da empresa na cidade. “Fomos recebidos com muito entusiasmo por toda a equipe da Prefeitura, que está nos dando todo o suporte necessário para a obtenção das licenças mandatórias para início da operação, que será em maio deste ano. Um dos pontos principais da decisão de investimento em Dourados foi a receptividade do poder executivo do município, pois a construção será concluída em menos de 6 meses o que, sem o apoio da Prefeitura, não seria possível”.

“A chegada da Amazon é a prova de que Dourados reúne todas as condições para atrair grandes empresas. A Amazon enxergou esse ambiente favorável para os negócios. Isso vai ser bom para a cidade, para a população e para a empresa”, ressalta o Prefeito Alan Guedes.

Somente neste período de instalação na cidade, a Amazon já contratou 50 funcionários e mais de 15 fornecedores locais prestando serviços para a empresa. “Durante o mês de março nossa equipe estará na região para concluir as contratações, esperamos ter 25 funcionários fixos de Dourados e em torno de 70 terceirizados para os períodos de safra, todos de Dourados. Nossa expectativa é que na primeira semana de abril as contratações estejam concluídas para dar início aos treinamentos e iniciarmos as operações no mês de maio”, calcula o gerente geral da Amazon, Rafael Melo.