Em maratona por 11 cidades, Governo reforça marca do municipalismo com mais R$ 350 milhões em investimentos

Compartilhe:

O governador em exercício José Carlos Barbosa (Barbosinha) encerrou, no sábado (13), agenda de visitas em que passou por 11 municípios do Estado entre os compromissos assumidos desde o dia 2, quando foi empossado governador em exercício de Mato Grosso do Sul, por conta do período de descanso do titular, o governador Eduardo Riedel. Nesse período, autorizou, entregou obras e lançou novas frentes de serviço que ultrapassam a casa dos R$ 350 milhões em melhorias para essas comunidades.

Além de honrar as agendas de audiências internas, despachos com a equipe do Governo e o rito protocolar da função, Barbosinha se deslocou para as cidades de Itaporã, Caarapó, Dourados [cidade onde esteve duas vezes como interino, percorrendo ainda os distritos de Vila Vargas, Picadinha e Itahum], Itaquiraí, Naviraí, Coronel Sapucaia, Amambai, Vicentina, Deodápolis, Glória de Dourados e finalmente em Angélica, o município por onde iniciou a carreira pública, como prefeito entre os anos de 1989/92, aos 23 anos de idade.

Em todas essas cidades, o vice-governador em exercício sempre fez questão de ressaltar a boa convivência e a harmonia predominante no Governo. “O governador Eduardo Riedel pode viajar com tranquilidade, passar as suas férias sem sobressaltos, porque sabe que tem um vice disposto a colaborar, a ajudar, porque tem um vice leal, trabalhador e que continua tocando o Estado. MS segue caminhando, toda a equipe trabalhando em sintonia, e é assim que vamos continuar fazendo, até o último dia dos nossos quatro anos de mandato”, garantiu.

Nessa maratona pelo interior de Mato Grosso do Sul, acompanhado pelos secretários de Infraestrutura e Logística, Hélio Peluffo, da Educação, Hélio Daher, da Casa Civil, Eduardo Rocha, dos adjuntos da Semadesc, Walter Carneiro Júnior e da Saúde, Christine Maymonne e de assessores especiais do Governo, Barbosinha manteve encontros com prefeitos, vereadores, lideranças regionais e ainda pode encaminhar reivindicações protocoladas por meio das articulações com deputados da região, como Zé Teixeira, Renato Câmara, Lia Nogueira e Geraldo Resende.

Dourados

Só para Dourados, onde cumpriu agendas em duas ocasiões, no dia 4 e no dia 12 de janeiro, o governador em exercício assegurou investimentos, na primeira etapa, da ordem de R$ 41.258.595,39, compreendendo a entrega do estratégico destacamento da Polícia Militar no distrito de Itahum, com heliponto, o anúncio da construção da sede própria do Escritório da Sanesul em Vila Vargas, a pavimentação asfáltica no distrito de Picadinha e o anúncio da reforma completa e ampliação de quatro escolas (Ramona da Silva Pedroso, Daniel Berg, Abigail Borralho e Floriano Viegas Machado) da Rede Estadual de Ensino na sede do Município.

Na segunda visita, confirmou mais de R$ R$ 97.398.848,00 para o complexo de saúde que compõe a estrutura do Hospital Regional de Dourados com o Centro de Diagnóstico e Especialidades Médicas, fruto das parcerias com a bancada federal e da Assembleia Legislativa, atualmente com 49% executado e previsão de conclusão em julho, cujo total já investido é de R$ 17.559.424,75.

Barbosinha assinou, na sexta-feira (12), Ordem de Serviço de R$ 34.494.777,06 para a terceira etapa da construção do Hospital Regional com previsão para começar a funcionar no segundo semestre deste ano. Quando concluída, a unidade hospitalar terá disponibilidade de atender casos de média e alta complexidade de pacientes de 34 municípios, somando aproximadamente 1 milhão de habitantes, em 210 leitos distribuídos em diversas especialidades médicas.

Municipalismo

Itaporã, por onde começou a agenda municipalista que marca o Governo, recebeu R$ 56.847.725,11 em investimentos, com destaque para a assinatura de ordem de início de serviço da obra de implantação e pavimentação asfáltica de estradas vicinais no Anel Viário que compreende o trecho do entroncamento das rodovias MS-156/MS-157, numa extensão de 13,83 km, beneficiando a ligação com Dourados.

Em Caarapó, o Governo inaugurou a reforma completa e ampliação da Escola Joaquim Vianna, segunda maior unidade em número de alunos da Rede Estadual na cidade, com os investimentos de R$ 6.053.846,09 de recursos do Estado, assinou autorização de licitação para ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (mais de R$ 25 milhões) e a extensão de rede com novas 1.402 ligações domiciliares de esgoto, somando mais de R$ 6,7 milhões.

Itaquiraí recebe investimentos de R$ 11.219.039,32, com destaque para a construção do Ginásio Poliesportivo e a revitalização da praça Santo Tomazelli e em Naviraí o governador em exercício entregou a obra de construção do Núcleo Regional de Medicina Legal, investimento superior a R$ 1 milhão. Com a entrega da obra de reforma geral e ampliação, a Escola Estadual de Coronel Sapucaia (avaliada em R$ 8.785.349,17) e um empreendimento atendido nos R$ 21.716.897,35 aplicados no município, incluindo autorizações para convênios em trechos de pavimentação asfáltica contemplando vários bairros.

Amambai foi contemplado com R$ 11.774.211,65 da reforma geral da escola Felipe Brum, que ainda ganhou mobiliário novo, 651 novas ligações domiciliares de esgoto (investimento superior a R$ 2,7 milhões e outros R$ 2 milhões da entrega do asfalto com drenagem de águas pluviais no Residencial Pôr do Sol II.

Vicentina vai receber R$ 2,3 milhões do Estado para a implantação da Feira Central, conforme autorização de licitação assinada pelo vice-governador na passagem pelo município, enquanto Deodápolis recebeu a obra de reforma geral da Escola Estadual João Baptista Pereira onde o Estado aplicou R$ 4.199.327,07. Em Glória de Dourados, Barbosinha vistoriou a aplicação de R$ 6,7 milhões em obras concluídas e em execução que contabilizam cerca de R$ 36,8 milhões investidos pelo atual Governo.

E, em Angélica, fechando o circuito, o governador em exercício anunciou a liberação de R$ 800 mil para a reforma da Casa do Pequeno Seareiro, projeto implantado por ele próprio quando prefeito no final da década de 80 e entregou a pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais no bairro Esplanada, um investimento de R$ 3.667.570,95.

Clóvis de Oliveira, da Vice-governadoria