Dupla de moto mata ex-presidiário sentado em cadeira próximo de conveniência em Dourados

Foto: Leandro Holsbach/Ligado Na Notícia

Compartilhe:

O ex-presidiário Carlos de Palma Fermin, de 43 anos, foi assassinado por volta das 21h50 de terça-feira (16/1), no cruzamento das ruas Brasil com Filomeno João Pires, no Bairro João Paulo II, em Dourados.

Ele estava sentado em uma cadeira, na companhia de um amigo, quando dois homens de moto chegaram e foram em sua direção, efetuando seis disparos que o atingiram rosto, pescoço e ombros. O outro indivíduo não ficou ferido, segundo a polícia.

Carlos morreu na hora, não tendo tempo, sequer, de levantar da cadeira e também do socorro chegar. Até o momento, não há informações sobre o que motivou a execução, tão pouco dos atiradores que fugiram.

Ainda segundo a polícia, o ex-presidiário Carlos possuía várias passagens por diversos crimes.

O caso é investigado pela PC (Polícia Civil) que esteve no local, assim como a Perícia Técnica.

Ligado Na Notícia