Drive Thru da Reciclagem começa hoje e vai até sábado nos Altos da Afonso Pena

Compartilhe:

O que têm em comum garrafa plástica vazia, papel, papelão, vidro, óleo de cozinha usado, sucata de aço, ferro, eletrônico, tecido, lona, medicamento vencido, lâmpada, pilha, bateria e tantos materiais que não servem mais? A resposta é: nenhum desses materiais precisa ir para o lixo ou ficar ocupando espaço em casa. A partir de hoje (14) acontece a 11ª edição de um super evento de reciclagem, pela primeira vez com a participação da Agência Estadual de Regulação (Agems).

Nos três dias de evento – 14, 15 e 16 de março, os altos da Afonso Pena em frente ao Parque das Nações Indígenas se transformam em um grande espaço de sustentabilidade, para receber material descartado, arrecadar doações para entidades assistenciais e promover atividades de lazer, educação e cultura sobre preservação ambiental e reuso de bens.

No Drive Thru da Reciclagem, o motorista pode entregar seu descarte sem precisar sair do carro, mas os organizadores estão preparando uma programação completa que vai fazer atrair a todos. Espaço pet, palestras, brincadeiras, demonstração de empresas de reciclagem, talk shows e uma série de outras atividades gratuitas vão acontecer durante todo o dia, das 9h às 18h. Também barracas de venda de alimentação.

“Nós queremos convidar os pais, as crianças, os jovens; estudantes, professores, donas de casa, quem trabalha no comércio, na indústria, quem estuda ou ensina nas universidades, enfim, todo cidadão pode aproveitar essa oportunidade”, ressalta o diretor-presidente da Agência, Carlos Alberto de Assis.

Junto com o Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), a Agems lidera a parceria do Estado com esse evento que em 10 anos reuniu mais de 15 mil pessoas. Somente na edição de agosto de 2023, foram arrecadadas seis toneladas de recicláveis, e a expectativa é superar essa meta, segundo Ana Franzolozo, da startup Du Bem Sustentável, Idealizadora do projeto.

O Drive Trhu da Reciclagem quer incentivar o descarte correto e toda a cadeia de reaproveitamento e de geração de renda que esse cuidado gera. “Nós teremos temáticas que vão envolver toda a sociedade. As pessoas, além de depositarem seus resíduos para reciclagem, poderão conhecer novas tecnologias, trabalhos e oficinas que envolvem todos os eixos de saúde e saneamento básico”, conta a diretora Iara Marchioretto.

“A Agems está trabalhando fortemente com a educação ambiental, no apoio aos municípios do Estado para a gestão correta dos resíduos e a preservação da água. Tudo isso vai estar disponível gratuitamente para o cidadão conhecer, vivenciar, se divertir. Esperamos todos lá”, reforça a diretora de Inovação Rejane Monteiro.

Gizele Oliveira, Comunicação Agem