Deputados da ALEMS reconhecem e valorizam a Polícia Civil sul-mato-grossense

Caravina foi o primeiro a elogiar o trabalho da Polícia Civl de Mato Grosso do Sul

Compartilhe:

O deputado estadual Caravina (PSDB) enalteceu ontem, ao subir na tribuna da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), o trabalho da Polícia Civil do Estado (PCMS). “Noticiada geralmente quando algo negativo acontece, falo da importância da Policia Civil, que eu pertenço e fui delegado, para todos. O momento que vive a Polícia Civil, os avanços e o trabalho em prol da segurança de Mato Grosso do Sul, agora comandado pelo Dr. Roberto Gurgel, delegado-geral, que também é atual presidente do Conselho do Chefe de Políticas do Brasil”, ressaltou.

“Os dados de 2023 para a elucidação de crimes são de que é a corporação que mais elucida homicídios, com esclarecimento superior a 30% de latrocínios, atendimento a mais de 1,5 milhões de pessoas, 155 operações policiais em 2023, e plantão da Delegacia de Polícia Especializada no Atendimento de Crianças e Adolescentes vítimas de crimes [DPCA], em Campo Grande. Também tivemos o núcleo institucional de cidadania, uma estrutura que melhorou muito, principalmente no interior, e também o aperfeiçoamento e curso de formação policial, regularizado, com os policiais civis promovidos”, destalhou o deputado Caravina.   

O deputado ainda falou as competências da Polícia Civil. “São dezenas de serviços ao cidadão, investigação de crimes, perícia, confecção de carteira de identidade, exame de corpo de delito, um trabalho todo fundamento em todos os municípios do Estado. Recentemente nomeação de 98 delegados civis, 14 reformas em delegacias, 12 salas lilás instaladas nas cidades onde não existe a Delegacia da Mulher, especializadas no atendimento. Há também um pleito para um novo concurso que contrate mais 300 escrivães 400 investigadores”, informo Caravina. 

O deputado Paulo Duarte (PSB) considerou essencial o pronunciamento da tribuna. “A importância do seu pronunciamento, cumprimentando os policiais civis. As forças de segurança e hoje a Polícia Civil de Mato Grosso do Sul é referência em todo o País. Me sinto honrado por estar aqui para que as notícias positivas sejam mostradas, porque infelizmente hoje é muito alardeado as coisas ruins”, considerou.

O deputado Coronel David (PL) também reiterou a importância da Polícia Civil. “Aguardamos pacientemente o Governo do Estado fazer a valorização merecida à Educação, mas agora é hora de olhar para a Segurança Pública, os policiais civis, os policiais penais, os que cuidam de quem cumpre pena socie educativa, os policiais militares, todos que garantimos a segurança dos sul-mato-grossense. Me somo nessa luta em valorizar os policiais”, disse.

O deputado Neno Razuk (PL) também se somou e destacou as ações em sua cidade. “Somo-me e informo que esses números de uma Polícia Civis considerada uma das mais eficiente no País, também integram os números em Dourados. Essa madrugada mesmo houve  mais uma operação exitosa, com participação da Polícia Civil”, destacou.

Para o deputado Pedro Kemp (PT), 2º secretário da Casa de Leis, é fundamental o trabalho realizado pela equipe que é responsável pela segurança da população. “É o trabalho de tirar das ruas aqueles que agridem, atormentam e causam violência em nossa sociedade, aqui elucidando casos de assassinato e roubos, e esse exemplo deveria ser seguido em todos os lugares”, concluiu.

A deputada Mara Caseiro (PSDB), 3ª vice presidente da ALEMS, também parabenizou a nossa Polícia Civil. “Em nome das Delegacias da Mulher, que tem sido um instrumento de atendimento e acolhimento e impedem que esses crimes continuem acontecendo. Quero somar-me a esse clamor e reconhecimento às forças de Segurança Pública de Mato Grosso do Sul. Precisamos valorizar ainda mais esses profissionais que nos dão a segurança”, disse.

O deputado e 1º secretário da Casa de Leis, Paulo Corrêa (PSDB), elogiou o trabalho que tem a frente o delegado Gurgel. “Somo-me ao elogio que foi dito ao trabalho do delegado Gurgel, que efetivamente deu peso aos trabalhos grandiosos executados pela nossa Polícia Civil”, declarou.