CBF repudia atos racistas contra Rodrygo

Créditos: Joilson Marconne/CBF

Compartilhe:

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) mais uma vez manifesta publicamente  seu repudio  aos atos racistas cometidos contra o jogador da Seleção Brasileira Rodrygo. Durante a partida entre Brasil e Argentina na terça-feira (21), no Maracanã, o atleta foi alvo de graves ataques em suas redes sociais. 

A CBF não se limita a  repudiar mas, principalmente, seguirá trabalhando de forma incansável para banir do futebol esta doença chamada racismo.

“O racismo não vencerá. Me solidarizo com Rodrygo, que sofreu ataques violentos e injustificáveis. Atitudes como essa, que infelizmente já vimos acontecer outras vezes com jogadores brasileiros negros,  merecem punição. O papel da sociedade, o papel da CBF, é o de criar mecanismos para conter e estancar esse crime, dentro e fora dos campos. Como primeiro presidente negro da CBF, sigo lutando pelo dia em que nenhuma pessoa será discriminada pela cor da sua pele” afirmou o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues.

“Em março do ano que vem, na próxima data FIFA na Espanha, contra a Seleção Espanhola, você Rodrygo, Vinícius Jr., além de todos os brasileiros que são vítimas do  racismo, iremos realizar mais que um jogo, mas uma ação, chamada “Uma só pele”, que é um chamamento à reflexão sobre esse tipo de violência que você sofreu, que Vinícius sofre e que todos aqueles que como vocês, brasileiros ou não, jogadores ou não, sofrem  diariamente neste planeta”, completou o presidente da CBF.

A CBF está ao seu lado, Rodrygo!

CBF