Caravana da Sudeco chega a Dourados na próxima segunda-feira

Evento acontece no Centro de Convenções, em Dourados (Foto: Assecom)

Compartilhe:

A Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) realiza, nos dias 25 e 26 de março, a Caravana da Sudeco em Dourados. O evento acontece no Centro de Convenções, situado na Av. Guaicurus, 2030. Nos dois dias, o horário será entre 9h e 17h.

Esta iniciativa tem como objetivo primordial abordar temas relacionados aos fundos de financiamento, fornecendo orientações para facilitar o acesso ao crédito para pequenos empreendedores, micro e pequenas empresas às linhas de crédito da Autarquia.

O evento contará com a presença de representantes da Sudeco, do Governo Federal, Governo do Estado, Prefeitura de Dourados, Sebrae, Banco do Brasil, Sicredi, Sicoob, Cressol, BRDE; e diversas organizações de empresários e comerciantes locais.

Durante a Caravana da Sudeco, os participantes terão acesso a orientações sobre o Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), Fundo do Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDCO), oficina sobre convênios, palestras diversas e atendimento ao público. Além disso, uma palestra especial do Sebrae, intitulada “FCO na prática: Aprenda como obter crédito e impulsionar o seu negócio”, será oferecida.

A Superintendente da Sudeco, Rose Modesto, reforça a importância da Caravana para o desenvolvimento da região: “Nossa região cresceu muito nas últimas décadas, e nosso objetivo é que cresça ainda mais, especialmente para os pequenos e micros empresários. Através da Caravana, facilitamos o acesso a fundos de financiamento com juros diferenciados e prazos estendidos. Queremos que todas as pessoas tenham a chance de crescer, ampliar seus negócios e investimentos, gerando renda e criando mais oportunidades para a população da nossa região”.

A Caravana da Sudeco tem sido uma ferramenta crucial para promover o desenvolvimento local, estimulando a geração de empregos e renda na região, e fornecendo orientações essenciais para que os empresários locais possam acessar o crédito de maneira mais eficiente.

Arte: Sudeco