Capacitação da Rede de Enfrentamento à Violência Contra Mulheres aconteceu em Dourados

Divulgação

Compartilhe:

O município de Dourados recebeu, na última sexta-feira (1), capacitação da Rede de Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres. O evento foi organizado pela Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres do Município em parceria com o Nudem (Núcleo Institucional de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher) e Defensoria Pública do Estado através da Escola Superior da Defensoria 

O encontro aconteceu no auditório da OAB 4ª Subseção com representantes de instituições governamentais e não governamentais que são parceiros na Rede de Enfrentamento, entre elas a Polícia Militar por meio do Promuse, Guarda Municipal de Dourados, Delegacia da Mulher, Conselho Tutelar, Hospital Universitário, Hospital da Vida, UPA, Agentes Comunitários de Saúde, Lideranças Indígenas Caiwas, Terena e Guarani, Secretaria de Educação do Estado – Equipe Seape /Cre-05, Consex, Procuradoria da Mulher da Câmara Municipal de Dourados, Conselho Municipal do Direito da Mulher – CMDM, Coordenadoria da Diversidade Sexual, Centro de Atendimento a Mulher Vítima de Violência – Viva Mulher, Instituto Mulher, Instituto Peroma, Comitê Mulher Advogada da OAB Dourados e Associação Dunamis Multicultural.

Participaram ainda representantes de Organismos de Políticas para Mulheres dos municípios de Nova Alvorada do Sul, Itaporã , Aral Moreira e Naviraí.

O tema abordado no encontro foi “Desafios e Possibilidades no Atendimento” às vítimas de diversos tipos de violência contra a mulher, como violência doméstica, violência sexual e violência obstétrica, da garantia de direitos sexuais e reprodutivos, além da construção social de gênero. 

“Essa capacitação foi um sucesso, pois apesar de tantos eventos e programações que caracterizam o final do ano, a Rede demonstrou comprometimento e engajamento, comparecendo e permanecendo durante todo o evento. Eventos assim são fundamentais, pois a legislação está em constante mudança e manter a Rede atualizada é importante para que sua função seja cumprida com êxito”, explica a coordenadora de Políticas Públicas para Mulheres, Andreia Bonito.

Entre as palestrantes estavam Dra Zeliana Luzia Delarissa Sabala, defensora pública e coordenadora do Nudem, psicóloga Keila de Oliveira Antônio, a assistente social Elaine de Oliveira França e a Subsecretaria da Política Pública para Mulheres do Estado, Cristiane Sant’ana.