Campo-grandense Guilherme Madruga vence o Prêmio Puskás

Créditos: Michael Regan/FIFA

Compartilhe:

O volante sul-mato-grossense Guilherme Madruga venceu o Prêmio Puskás, uma das premiações do FIFA The Best, pelo gol mais bonito de 2023, nesta segunda-feira (15).

Recentemente negociado com o Cuiabá (MT), o campo-grandense foi eleito pelo gol de bicicleta que marcou pelo Botafogo (SP) em partida contra o Novorizontino (SP) pela Série B do Campeonato Brasileiro, no dia 27 de junho do ano passado.

Madruga superou a concorrência de Julio Enciso, do Brighton (ING), e de Nuno Santos, do Sporting (POR).

“Hoje para mim é um dia único. Fará parte da minha história e da minha memória. Agradeço à minha família, principalmente aos meus pais que estão no Brasil. Obrigado ao meu irmão, que está aqui. Amo cada momento que passo com você. Eu não estava esperando por isso. Obrigado”, disse.

Bia Zaneratto, atacante da Seleção Brasileira Feminina, fez parte da lista inicial de indicados pelo gol marcado contra o Panamá, que contou com linda jogada coletiva, na Copa do Mundo Feminina. 

Esta foi a terceira vez em que um brasileiro foi o vencedor do Puskás. Neymar, pelo Santos em 2011, ganhou por gol contra o Flamengo, e Wendell Lira, em 2015, pelo Goianésia.