Brasil MAIS recebe Prêmio Internacional de Inovação Policial no World Police Summit

Compartilhe:

O Programa Brasil MAIS – Meio Ambiente Integrado e Seguro – ganhou o Prêmio Innovative Police Force durante o World Police Summit, realizado em Dubai (Emirados Árabes Unidos), na categoria Inovação para Força Policial (Innovative Police Force Award).

De acordo com a Cúpula Mundial de Polícia (World Police Summit), esta categoria de premiação reconhece programas inovadores revolucionários dentro das forças policiais globais que têm influência na melhoria das operações diárias das forças policiais ou no aprimoramento da segurança pública.

No total, 89 projetos policiais de todo o mundo foram submetidos em diversas categorias, e a que foi vencida pelo Brasil Mais, teve outros dois finalistas: representantes da Itália e da Suíça

Ao receber este prêmio internacional, o Brasil MAIS reafirma o seu compromisso com a inovação, excelência e melhoria contínua das forças policiais brasileiras. Esta conquista reafirma o progresso alcançado até o momento e inspira novos esforços para promover a segurança e o bem-estar de todos os cidadãos brasileiros.

Sobre o Programa
Lançado pelo governo brasileiro em 2020, seu objetivo principal modernizar e fortalecer as políticas públicas em diversas áreas, incluindo a segurança. Trata-se do maior projeto operacional de monitoramento remoto da Amazônia, considerado Projeto Estratégico pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), com a utilização de imagens diárias de satélite de alta resolução e alertas, auxiliando no direcionamento e dimensionamento das atividades e operações, aumentando a eficiência na implementação dos efetivos assim como a capacidade de mitigar riscos nas operações e prejuízos para o meio ambiente.

O Brasil MAIS alcança 90 mil agentes públicos e militares em 390 instituições federais, estaduais e municipais, sendo 192 instituições de segurança pública. Os impactos das ações dessas instituições apoiadas pelo Programa Brasil MAIS ultrapassam R$ 15 bilhões em pouco mais de três anos, representando um retorno de 9.000% para a sociedade brasileira.