Após luta e persistência de Renato Câmara, ponte é construída na MS-340 ligando Ribas do Rio Pardo a Nova Andradina

Divulgação

Compartilhe:

Uma das incansáveis lutas do mandato do vice-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado Renato Câmara (MDB), está resultando numa obra de extrema importância: a construção de uma ponte de concreto de 30 metros de extensão e 6 metros de largura, sobre o Córrego Raízes (Córrego Viga), na MS-340, entre os municípios Ribas do Rio Pardo e Nova Andradina. Com o passar dos anos, a ponte de madeira que ali existia ficou totalmente deteriorada, quebrou e acabou sendo levada pelas águas.

“Estivemos no local em 2020. Fizemos os levantamentos e registramos o problema. Identificamos que a ligação entre Ribas e Nova Andradina pela MS-340 acabou interditada por mais de 4 anos devido à falta desta ponte. Entramos na luta, fizemos Indicação e insistentes gestões junto ao Governo do Estado e não desistimos até ver a obra iniciada. Hoje, temos a satisfação de confirmar que a ponte está em fase final de construção e a passagem, o tráfego, finalmente está liberado no local”, anuncia Renato Câmara.

O parlamentar entrou na luta por esta melhoria atendendo a demanda apontada pelos vereadores Airton Castro e Paulinho Ramirez. As reclamações também vieram das comunidades e de lideranças do setor produtivo, dentre elas, as cobranças do produtor de pecuária, Dario, da Fazenda Lagoa Rica, em Ribas do Rio Pardo. “Entendendo que a obra era fundamental aos produtores rurais para escoamento da produção e também para o transporte de alunos que faziam o trajeto para irem à escola. Fizemos os encaminhamentos, inicialmente, com uma Indicação, depois, com gestões junto ao setor de Obras do Governo de MS. Acompanhei de perto a execução desta obra e cobrei a celeridade na execução da construção para atender os reclames da população”.

A melhoria contempla um grande número de propriedades rurais, a Associação Agricultores Familiares Lagoa Azul e a população de Ribas do Rio Pardo, que, devido a interdição da ponte era obrigada a percorrer 180 quilômetros a mais, significando um enorme transtorno, dificultando também o acesso a BR-267 através de caminhos alternativos. O mesmo benefício contempla os moradores de Nova Andradina que se deslocarem para Ribas.

“O atendimento de nossa reivindicação, com investimento de R$ 1,8 milhão para a execução das obras de drenagem e da ponte pelo Governo do Estado, através da Agesul, contempla toda essa região, uma das que mais se desenvolve. É com trabalho incansável como esse que nós contribuímos para que o Mato Grosso do Sul se desenvolva e cresça cada vez mais, sobretudo, melhorando a vida das pessoas. Intervimos e fazemos gestões para que ocorram resoluções de questões de interesse coletivo. Assim é o nosso mandato, sempre em movimento”, destaca o Deputado do Agro, Renato Câmara.

(Roney Minella – Assessoria Parlamentar)