Acadêmica indígena vai receber o Prêmio Marta Guarani

Foto: Álbum pessoal

Compartilhe:

Acadêmica do curso de Licenciatura em Educação do Campo da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), Aline de Souza da Silva foi a escolhida este ano para receber o “Prêmio Mulher Cidadã – Marta Guarani”, instituído pela Câmara de Dourados para agraciar mulheres que tenham oferecido contribuição relevante à defesa dos direitos da mulher, questões do gênero e atuação de destaque no município.

Aline de Souza, cujo nome indígena é Che Hara’pe ka’aguy ygua kunatai yvotyju (que traduzido para o português é moça das flores amarelas), é uma jovem indígena do povo Guarani-Kaiowá, de 25 anos, residente na Reserva Indígena de Dourados. É artista plástica e ativista, artesã e defensora das causas indígenas. Também compõe a comissão de diversidade sexual e de gênero da 4ª subseção da OAB de Mato Grosso do Sul.

Sua atuação começou no ano de 2019, quando participou de um projeto de ação social chamado Compartilhando Alegria. No mesmo ano, no dia 27 de junho, criou o grupo Nhemity Tenonderã (plantando o futuro); participou da execução do projeto Aratiri Porã cineclube e, para que o projeto fosse executado foi em busca de apoio de instituições parceiras, como GAPK (Grupo de Apoio aos Povos Kaiowá e Guarani) e AJI (Ação Jovens Indígenas).

No ano de 2021 atuou como conselheira da RAJ (Retomada Aty Jovem), organização da juventude Guarani-Kaiowá do cone sul do Mato Grosso do Sul. Em seguida, colaborou como secretária na organização da Kunhague Aty Guasu, a grande assembleia das mulheres Guarani-kaiowá. Atualmente é vice-presidente do conselho diretor da Ação dos Jovens Indígenas da reserva indígena de Dourados. Também é a primeira indígena a fazer parte do Diretório Central dos Estudantes da UFGD – DCE/UFGD.

Aline tem representado lutas importantes no interior da Universidade para dar visibilidade à presença indígena na universidade, discutindo pautas importantes como acesso e permanência dos indígenas. Também tem buscado, por meio da arte, mostrar a beleza do seu povo. “Através de nossos artesanatos, posso trazer toda beleza do meu povo, de nossas pinturas ancestrais o Grafismo, a pintura da alma, que nos protege dos males deste mundo”, diz.

O PRÊMIO

O “Prêmio Mulher Cidadã – Marta Guarani” foi criado por meio do Decreto Legislativo nº 397 de 01 de outubro de 2003 e é conferido anualmente, durante sessão solene da Câmara, especialmente convocada para esse fim.Aline de Souza vai receber o Prêmio Marta Guarani durante a Sessão Solene “Mulher Destaque”, marcada para às 19 horas de sexta-feira, 8, oportunidade em que várias mulheres serão homenageadas pelo legislativo municipal por ocasião do Dia Internacional da Mulher.