Dourados-MS,
Governo_corona

A ACED - Associação Comercial e Empresarial de Dourados, encaminhou ofício à Prefeitura Municipal, nesta terça-feira, dia 31, solicitando prorrogação ou parcelamento dos impostos municipais durante os meses em que perdurar a paralização do comércio e indústrias, em decorrência da pandemia do vírus Covid-19.

Com o comércio fechado desde o último dia 23, à partir de um decreto da administração pública que está seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, a ACED busca a prorrogação ou suspensão do prazo para pagamentos dos tributos ISS, ITB e IPTU, além do parcelamento existente e a conceder de taxas municipais como alvarás de licença e localização, taxa dos processos de licenciamento ambiental, taxa de alvará sanitário (relativos aos fatos geradores de março, abril e maio de 2020), tendo como forma de pagamento, os recolhimentos das competências suspensas, sendo dividido em seis parcelas fixas, como sugestão para pagamento a partir de 20 de agosto 2020.

Para o presidente da ACED, Nilson Santos, diante de todo esse caos, essa será uma preocupação a menos para os empresários. "Assim como o Governo Federal e Estadual, que está buscando formas de ajudar o empresário diante do fechamento das empresas para que haja eficácia no isolamento social, a administração municipal também precisa fazer a parte dela e, tenho certeza, que poderemos contar a prefeitura de Dourados", disse.

 

Iniciativas como essa, que tem o objetivo de ajudar os empresários que tiveram que fechar as portas neste momento, começou pelo Ministério da Economia, que prorrogou o pagamento dos tributos federais do Simples Nacional. Dessa forma, o acerto referente aos meses de março, abril e maio deste ano ficou postergado para outubro, novembro e dezembro, respectivamente.

"Nesta terça-feira, a prefeita Délia Razuk fixou o dia 7 de abril como nova data para análise da questão do fechamento do comércio e anunciou que a fiscalização será intensificada para garantir o cumprimento das restrições constantes do Decreto 2.480 de 23 de março. Por isso a importância de manter o isolamento social neste momento, para podermos retornar o mais breve possível", enfatizou o presidente da ACED, Nilson Santos.

A bandeira tarifária de energia elétrica para abril permanece verde, sem custo para os consumidores. Este será o terceiro mês consecutivo de bandeira verde.

Em março, os principais reservatórios de hidrelétricas do Sistema Interligado Nacional (SIN) apresentaram recuperação de níveis em razão do volume de chuvas próximo ao padrão histórico do mês. Não obstante abril ser um mês em que tipicamente se inicia a transição entre o período úmido e o seco, a previsão é de manutenção da condição hidrológica favorável nas principais bacias do SIN, indicando cenário de continuidade da elevada participação das hidrelétricas no atendimento à demanda de energia do SIN. Os dados foram divulgados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), órgão federal conveniado com o Estado de Mato Grosso do Sul para execução de atividades descentralizadas de fiscalização dos serviços.

Conforme o comunicado, foram também consideradas novas previsões de consumo de energia, em face das medidas de combate à propagação da pandemia do Covid-19 no país, com indicativo de redução da carga de energia em abril e maio. Essa perspectiva refletiu-se na redução do preço da energia no mercado de curto prazo (PLD) e dos custos relacionados ao risco hidrológico (GSF). O PLD e o GSF são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada.

Economia

Mesmo com o acionamento da bandeira verde, é importante que o consumidor mantenha ações relacionadas ao uso consciente de energia létrica e evite o desperdício.

Confira abaixo algumas dicas de economia de energia

Chuveiro elétrico

Tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos

Selecionar a temperatura morna no verão

verificar as potências no seu chuveiro e calcular o seu consumo

Ar condicionado

Não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar condicionado

Manter os filtros limpos

Diminuir ao máximo o tempo de utilização do aparelho de ar condicionado

Colocar cortinas nas janelas que recebem sol direto

Geladeira

Só deixar a porta da geladeira aberta o tempo que for necessário

Regular a temperatura interna de acordo com o manual de instruções

Nunca colocar alimentos quentes dentro da geladeira

Deixar espaço para ventilação na parte de trás da geladeira e não utilizá-la para secar panos

Não forrar as prateleiras

Descongelar a geladeira e verificar as borrachas de vedação regularmente

Iluminação

Utilizar iluminação natural ou lâmpadas econômicas e apagar a luz ao sair de um cômodo; pintar o ambiente com cores claras

Ferro de passar

Juntar roupas para passar de uma só vez

Separar as roupas por tipo e começar por aquelas que exigem menor temperatura

Nunca deixe o ferro ligado enquanto faz outra coisa

Aparelhos em stand-by

Retirar os aparelhos da tomada quando possível ou durante longas ausências

O Projeto de Lei 714/20 autoriza o saque emergencial de valores do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) até o dia 30 de abril deste ano, em razão da pandemia causada pelo Covid-19 – variante do coronavírus que também causa infecções respiratórias em seres humanos.

O texto em análise na Câmara dos Deputados prevê que esse prazo poderá ser prorrogado por 60 dias e que o valor do saque não deverá ultrapassar o teto dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social em 2020 (R$ 6.101,06).

Segundo a deputada Patricia Ferraz (Pode-AP), autora do projeto, a liberação do FGTS será feita pela Caixa Econômica Federal conforme cronograma e critérios estabelecidos em regulamento do Poder Executivo.

"Não podemos deixar de tomar medidas que, ao menos, contenham parte dos efeitos que serão sentidos na vida econômica do País e, principalmente, no dia a dia das famílias brasileiras que dependem de atividades informais, do comércio e do setor de serviços", diz a autora.

"Ao permitir o saque emergencial de valores do FGTS, ajudaremos os trabalhadores e suas famílias a enfrentarem o momento de crise com relação ao coronavírus", completou.

Sem deslocamento

O texto ainda deixa claro que deverão ser adotadas, preferencialmente, medidas que privilegiem o saque de forma eletrônica e que evitem o deslocamento dos titulares das contas vinculadas a agências físicas ou outros estabelecimentos.

Caso seja autorizada ou requerida a transferência dos valores para outra instituição financeira, não serão cobradas tarifas.

A Mega-Sena acumulou mais uma vez no sorteio realizado neste sábado (28). Os números sorteados no concurso 2247 foram 01-42-44-47-48-53.

O prêmio em jogo hoje era de R$ 2.834.266,13, mas agora está estimado em R$ 4,8 milhões na próxima edição.

Segundo a Caixa, 10 apostas saíram vencedoras na faixa da quina. Cada uma delas vai ganhar R$ 86.553,24.

A quadra contemplou outros 908 bilhetes com R$ 1.361,75 cada. A arrecadação total foi de R$ 15 milhões. 

O próximo sorteio da Mega-Sena está marcado para quarta-feira (1º).

O Governo do Estado anunciou nesta quinta-feira (26) que vai antecipar o pagamento dos servidores públicos estaduais. Porém, o pagamento será feito em três etapas, para evitar que os saques ocasionem aglomerações no caixas eletrônicos.

 

Segundo o Governo, a primeira etapa será já na terça-feira (31), para servidores com salário até R$ 2 mil. No dia seguinte, quarta-feira (1º), o pagamento será feito para quem recebe até R$ 4 mil. Por fim, na quinta-feira (2), recebem os demais servidores, com vencimentos acima de R$ 4 mil.

A folha salarial referente ao mês de março soma R$ 482,1 milhões e atinge 77,9 mil servidores – 47.021 ativos e 30.973 inativos e pensionistas. A liberação também injeta importante quantia na economia do Estado.

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.246 da Mega-Sena, sorteadas nesta quarta-feira, dia 25 de março, em São Paulo (SP). O prêmio acumulou.

Veja as dezenas sorteadas: 05 - 09 - 24 - 27 - 33 - 46.

A quina teve 51 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 13.197,43. A quadra teve 2.227 apostas vencedoras; cada uma levará R$ 431,75.

O próximo concurso (2.247) será no sábado (28). O prêmio é estimado em R$ 2,5 milhões.