Entre em contato conosco: Contato@folhadoms.com.br

CRTH participa de Ação Cidadania para investigação de Tuberculose e Hanseníase na PED

Compartilhe:

A PED (Penitenciária Estadual de Dourados) realizou Ação Cidadania, atividade promovida pela Secretaria Nacional de Políticas Penais (SENAPPEN) com o apoio da Sems (Secretaria Municipal de Saúde) e um esforço conjunto entre as esferas federal, estadual e municipal, envolvendo diversos atores a fim de ofertar assistência à saúde às pessoas privadas de liberdade.

O CRTH (Centro de Referência em Tuberculose e Hanseníase) participou da Ação, desde o treinamento das equipes envolvidas na triagem de saúde e investigação de Hanseníase, bem como na coleta de escarro e realização de exames laboratoriais para o diagnóstico de Tuberculose.

De acordo com a farmacêutica Flávia Patussi, durante a triagem, os profissionais de saúde verificaram os sinais e sintomas de tuberculose e indícios de hanseníase utilizando questionamentos constantes em uma Ficha de Atendimento validada pelas referências do Ministério da Saúde e pela equipe técnica do CRTH. 

“Dentre os investigados, cinco pessoas privadas de liberdade responderam positivamente aos questionamentos relacionados à hanseníase e foram encaminhados à referência municipal para o seguimento da investigação. Além disso, identificou-se 218 pessoas com sintomas respiratórios, os quais coletaram escarro para realização de teste rápido molecular para tuberculose”, acentuou.

Com o apoio do LACEN Estadual, o Laboratório de Microbacteriologia do CRTH realizou os exames de todas as pessoas suspeitas de tuberculose a partir da detecção dos sinais e sintomas característicos da doença. Foram identificados através dos exames, oito novos casos, que prontamente foram notificados e iniciaram o tratamento específico para tuberculose.

O CRTH avalia que a ação foi de grande relevância para o acesso à saúde, oferta dos serviços e investigação da Tuberculose e Hanseníase na PED, uma vez que a população privada de liberdade é vulnerável ao desenvolvimento destas doenças e este enfrentamento no ambiente prisional é de suma importância para o controle das doenças na população geral e consequente redução das incidências aos patamares propostos pelo Ministério da Saúde.

Nesse sentido, o envolvimento do CRTH na Ação propiciou o fortalecimento da parceria com a equipe de saúde da PED, o que contribui de maneira positiva para a qualidade dos serviços e intensificação da busca por casos novos de Tuberculose e Hanseníase e tratamentos oportunos, como estratégias importantes para o controle destas doenças no município.