Dourados-MS,
Prefeitura_corona

Justiça manda Câmara pagar quase R$ 152 mil a vereadores suspeitos de corrupção

Politica
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) determinou à Câmara de Dourados, o pagamento de R$ 151.933,56 em subsídios aos vereadores Pedro Pepa (DEM) e Cirilo Ramão (MDB), referentes ao período em que ambos estiveram afastados das atividades parlamentares. 

Presos no dia 5 de dezembro de 2018 dentro da Operação Cifra Negra, eles são investigados por envolvimento em esquema de corrupção na contratação de empresas de gestão à Casa através de licitações fraudulentas. 

O valor é a soma do que consideravam ter direito desde o afastamento, ocorrido por ordem judicial em 12 de dezembro de 2018 até a retomada do mandato, em agosto do ano seguinte, aproximadamente três meses após conseguirem absolvição da denúncia por quebra de decoro parlamentar.

Inicialmente, o juiz da 6ª vara Cível de Dourados, José Domingues