Dourados-MS,

Polícia Ambiental embarga e apreende lancha ilegal de turismo pesqueiro e autua proprietário em R$ 15 mil

Policia
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Policiais Militares Ambientais de Aquidauana receberam denúncias de que um pescador profissional estaria desenvolvendo atividade de turismo usando uma lancha de grande porte sem autorização ambiental. Neste sábado (17) uma equipe abordou a lancha que realizava atividade de turismo de pesca na região do Porto das Éguas no Rio Aquidauana, com 13 pessoas hospedadas, sendo 10 turistas paulistas e paranaenses que fecharam um pacote de cinco dias.  Todos os pescadores estavam legalizados, porém, a lancha pesqueira funcionava sem autorização do órgão ambiental.

Os Policiais verificaram ainda que a embarcação possuía dois pisos, com cozinha, churrasqueira, alojamentos e dois banheiros e não possuía sistema de tratamento de efluentes, os quais eram lançados diretamente no rio. Também havia embarcações pequenas acopladas para serem utilizadas em pescaria. A atividade foi interditada e a lancha pesqueira foi apreendida.

O proprietário da lancha, um pescador profissional, de 47 anos, residente em Anastácio, foi autuado administrativamente e multado em R$ 15.000,00 pela falta de licença ambiental. Ele também responderá por crime ambiental, com pena prevista de detenção de três a seis meses.