Dourados-MS,
 Camara municipal-principal

Foto - Divulgação

Genival Rodrigues de Almeida, de 45 anos, foi executado por pistoleiros na noite de ontem, na frente do filho, no município de Sete Quedas, na fronteira com o Paraguai. Segundo a Polícia Civil, o crime ocorreu por volta das 18h30, na Rua Érico Veríssimo, momento em que a vítima chegava em casa.

Conforme relatado pelo filho à polícia, ele disse ter visto o pai chegando de carro e estacionado sobre a calçada como de costume. O homem desembarcou do veículo e quando estava entrando no imóvel, foi surpreendido por dois desconhecidos que se aproximaram em uma moto e começaram a atirar.

Genival foi atingido próximo ao queixo, braço e tórax. No local foram apreendidas sete cápsulas de munição calibre .40. O socorro chegou a ser acionado, mas o homem morreu antes mesmo que pudesse ser encaminhado ao hospital. Ainda não há informações sobre a identificação dos autores. O caso é investigado.

 

 

Correio do Estado

Proprietário da carne terá que explicar origem do produto e autorização oficial - Foto: Capitan Bado

O condutor de uma caminhonete da marca Chevrolet Silverado, com placa do Paraguai, AFK-339, foi flagrado nesta terça-feira (22) por policiais militares do município de Antonio João, município localizado a 50 quilômetros de Pedro Juan Caballero, transportando um total de 1.200 quilos de carne de origem duvidosa e sem documentação.

Segundo informação da PM, os detidos foram identificados como Pedro Paulo Alvarenga Cabañas (condutor) e Fabio Gustavo Díaz Ferreira (carona), ambos cidadãos paraguaios.

O achado aconteceu durante abordagem de fiscalização e descobriram a carne armazenada na correceria e coberta por uma lona.

Aos agentes, os homens disseram que foram contratados pelo fazendeiro, Antônio Barboza para levar a carne até Ponta Porã, para ser comercializada nos açougues da fronteira.

Depois de algumas horas, o produtor rural compareceu ao quartel e confirmou que era dono da carne apreendida. 

Barboza explicou que os animais foram abatidos durante sua estada em Pedro Juan Caballero e que contratou os dois trabalhadores para transportar o produto até a fronteira, e posteriormente ser comercializada em Ponta Porã e Pedro Juan Caballero. 

Apesar da argumentação, a secretaria de Vigilância em Saúde, de Antônio João solicitou a apreensão da carne e vai indiciar o produtor rural, que deverá esclarecer a origem do produto, uma vez que há relatos frequentes de roubo de gado na região.

 

 

Correio do Estado

 

Perícia foi acionada e investiga circunstâncias do acidente - Foto: Divulgação

Um bebê de um ano morreu depois de ser atropelado por um trator conduzido pelo pai. O acidente aconteceu na manhã de quinta-feira (17), em uma propriedade rural de Jardim. 

Testemunhas disseram à Polícia Civil que, o casal e o filho estavam em cima do trator no corredor da fazenda quando, por motivos que ainda serão apurados, o menino caiu do colo da mãe e o pneu passou por cima dele. O bebê morreu antes da chegada do socorro.

O corpo da criança foi retirado debaixo do pneu e colocado sob uma árvore até a chegada da perícia. Os pais entraram em estados de choque e foram levados para hospital em Antônio João.

Caso foi registrado como homicídio culposo na direção de veículo automotor, isto é, quando não há intenção de matar, e será investigado em Jardim, onde acidente foi aconteceu. 

 

 

Correio do Estado

 

PM de Naviraí retirou jovem e bebê da casa em chamas - Foto: Divulgação

Na madrugada desta sexta-feira (11), a Polícia Militar de Naviraí atendeu ocorrência de uma jovem, de 21 anos, sem identificação até a divulgação desta matéria, que teria ateado fogo na própria casa onde estava com seu filho de 10 meses de vida. A Polícia Militar foi acionada por volta de 3h40 para atender o caso no bairro Vila Nova. Ela vai responder a inquérito policial.

Depois de encontrar a fumaça vinda de dentro da residência, os PMs rapidamente pularam o muro e arrombaram a porta, encontrando em um dos quartos o bebê e sua mãe em cima da cama. A jovem estava desacorda e foi preciso massagem cardíaca para que ela recobrasse os sentidos.

O Corpo de Bombeiros foi acionado também e as duas vítimas foram encaminhadas para a Santa Casa de Naviraí, onde foram atendidos, medicados e liberados.

Segundo a PM, a casa estava revirada, foi encontrada apenas uma mala com roupas queimadas, sem indícios de que o fogo havia se alastrado para outro cômodo.

A mãe da vítima relatou à PM que a jovem estava reunida com a família, quando disse ter se sentindo mal. Por isso foi embora da reunião familiar. Mais tarde, a mãe recebeu uma ligação da filha dizendo que colocaria fogo na casa e se mataria juntamente com o filho. A jovem foi autuada por tentativa de homicídio e caso foi registrado na 1º DP (Delegacia da Polícia Civil).

 

 

Correio do Estado

Motorista receberia R$ 5mil pelo transporte do entorpecente e dinheiro falso - Foto: PRF/MS Divulgação

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) abordou nesta segunda-feira (21), por volta das 10h, na rodovia BR-267, km 18, em Bataguassu, um veículo Fiat Uno, conduzido por um homem de 35 anos.

Os policiais solicitaram o documento de habilitação, o qual verificaram que era falsa e após revista realizada no interior do carro foram encontrados alguns tabletes de maconha, totalizando 48 quilos. 

No entanto, o que chamou atenção foram maços de cédulas de dinheiro, aparentemente notas falsas, totalizando R$ 44 mil reais. 

Durante depoimento, o condutor declarou que pegou o veículo já carregado com a droga e o dinheiro em Ponta Porã e que tinha objetivo de levá-los até a cidade Goiânia (GO). Pelo serviço, o motorista receberia R$ 5 mil. 

 

 

Correio do Estado