Dourados-MS,
Assembléia - Vem participar

Perícia foi acionada e investiga circunstâncias do acidente - Foto: Divulgação

Um bebê de um ano morreu depois de ser atropelado por um trator conduzido pelo pai. O acidente aconteceu na manhã de quinta-feira (17), em uma propriedade rural de Jardim. 

Testemunhas disseram à Polícia Civil que, o casal e o filho estavam em cima do trator no corredor da fazenda quando, por motivos que ainda serão apurados, o menino caiu do colo da mãe e o pneu passou por cima dele. O bebê morreu antes da chegada do socorro.

O corpo da criança foi retirado debaixo do pneu e colocado sob uma árvore até a chegada da perícia. Os pais entraram em estados de choque e foram levados para hospital em Antônio João.

Caso foi registrado como homicídio culposo na direção de veículo automotor, isto é, quando não há intenção de matar, e será investigado em Jardim, onde acidente foi aconteceu. 

 

 

Correio do Estado

 

PM de Naviraí retirou jovem e bebê da casa em chamas - Foto: Divulgação

Na madrugada desta sexta-feira (11), a Polícia Militar de Naviraí atendeu ocorrência de uma jovem, de 21 anos, sem identificação até a divulgação desta matéria, que teria ateado fogo na própria casa onde estava com seu filho de 10 meses de vida. A Polícia Militar foi acionada por volta de 3h40 para atender o caso no bairro Vila Nova. Ela vai responder a inquérito policial.

Depois de encontrar a fumaça vinda de dentro da residência, os PMs rapidamente pularam o muro e arrombaram a porta, encontrando em um dos quartos o bebê e sua mãe em cima da cama. A jovem estava desacorda e foi preciso massagem cardíaca para que ela recobrasse os sentidos.

O Corpo de Bombeiros foi acionado também e as duas vítimas foram encaminhadas para a Santa Casa de Naviraí, onde foram atendidos, medicados e liberados.

Segundo a PM, a casa estava revirada, foi encontrada apenas uma mala com roupas queimadas, sem indícios de que o fogo havia se alastrado para outro cômodo.

A mãe da vítima relatou à PM que a jovem estava reunida com a família, quando disse ter se sentindo mal. Por isso foi embora da reunião familiar. Mais tarde, a mãe recebeu uma ligação da filha dizendo que colocaria fogo na casa e se mataria juntamente com o filho. A jovem foi autuada por tentativa de homicídio e caso foi registrado na 1º DP (Delegacia da Polícia Civil).

 

 

Correio do Estado