Dourados-MS,
Agosto_lilás

"Olheiro" do crime organizado morre em confronto com o DOF

Policia
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Jhonatan Andrade de Souza, 24 anos, morreu em confronto com policiais do Departamento de Operações da Fronteira (DOF), na manhã de ontem (22), em Paranhos. Ele é suspeito de trabalhar para o crime organizado.

Durante policiamento para fiscalização na MS-295, equipe policial notou que Souza estava a beira da rodovia e, ao perceber a aproximação da viatura, correu para dentro de uma mata.

Quando policiais desceram do veículo para iniciar a busca, o rapaz efetuou um disparo contra a equipe e continuou a correr para dentro do matagal. Após algum tempo, ele foi localizado e novamente atirou contra os policiais, que revidaram e atingiram o rapaz.

Ele foi desarmado e encaminhado pelo próprio DOF até o Hospital Municipal de Paranhos, mas morreu pouco depois de dar entrada na unidade.

Revólver calibre .38 usado pelo suspeito foi apreendido, junto com três munições intactas, duas deflagradas e uma percutida.

No local onde houve a troca de tiros, policiais localizaram vestígios de alimentação e sinais de que ali funcionava um posto de observação sobre o policiamento na rodovia, o que indica, segundo a polícia, que ele atuava a serviço do crime organizado.

Caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Paranhos, como homicídio decorrente de oposição a intervenção policial e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.