Dourados-MS,
BANNER 1 - Camra-15-09- (1000X90)

Na noite desta quarta-feira (6), um vendedor de tapetes de 44 anos teve sua camionete Hilux roubada ao marcar um encontro com falsos clientes, em frente a uma igreja, na cidade de Dourados.

O assalto aconteceu por volta das 19 horas desta quarta (6), quando o vendedor de tapetes teria marcado um encontro com falsos clientes, que estavam interessados em produtos personalizados. Ao chegar ao local, a vítima foi rendida pelo homem que entrou na camionete sendo colocado no banco traseiro.

Um comparsa do bandido ia seguindo a camionete com uma motocicleta, até que depois de 15 minutos chegaram a um local ermo e amarram o vendedor o deixando em meio a um matagal. Ele conseguiu queimar as cordas e chamar a polícia. Segundo o vendedor, um dos bandidos era magro, branco, aproximadamente 30 anos e o outro era gordo e moreno claro.

Já um terceiro bandido que estava com os outros dois era moreno, magro, sem um dos dentes e rosto fino.

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (6) a Operação Purificação, na cidade de Dourados, contra desvios de verbas públicas na saúde. A Controladoria Geral da União, o Ministério Público Federal e o Ministério Público Estadual também participam da operação.

São cumpridos dois mandados prisão preventiva e oito mandados de busca e apreensão, expedidos pela 1ª Vara Federal de Dourados. As investigações tiveram início em setembro de 2018 e apurou desvios de verbas públicas federais na área da saúde, mais precisamente na contratação de serviços de transporte para Secretaria Municipal de Saúde e de serviços de informática para Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde) de Dourados. Foi descoberto o desvio na ordem de R$ 2 milhões.

Durante as investigações foi descoberto também indícios de que uma empresa, a qual fornecia refeições por contrato público através de dispensa de licitação para a Secretaria Municipal de Saúde, seria de propriedade de um ex-secretário de saúde e de outro servidor público municipal.

Também estão sendo investigadas fraudes em certame licitatório onde foram descobertos indícios de direcionamento para contratação de determinada empresa para o serviço de transporte da Secretaria Municipal de Saúde. Outro lado da investigação também descobriu o direcionamento, em razão de dispensa de licitação, para contratação de empresa de informática para realização de serviços na Funsaud.

Nome da Operação

O nome desta fase da operação faz referência ao trabalho conjunto das diferentes Instituições, as quais estão atentas ao desvio de verbas públicas, visando ao bem estar da sociedade.

Servidor da prefeitura de Dourados procurou a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) na tarde desta terça-feira (29/10) para denunciar mais um furto de cabos na avenida Guaicurus. O fato, conforme a suspeita, ocorreu entre a sexta-feira e o domingo (27/10).

De acordo com a ocorrência, foram levados 335 metros do material, deixado às cegas o trecho entre o trevo de acesso à Perimetral Norte e a entrada do condomínio Terras Alphaville. 

Na noite de domingo, a região já estava escura, conforma apurado pelo Dourados News

Os furtos de cabeamento na avenida têm se tornado constantes a ponto da administração municipal iniciar a mudança da fiação, antes subterrânea, para aérea. 

Câmeras de segurança instaladas ao longo da via podem ajudar a polícia a chegar aos suspeitos pelo furto.

Conforme mostrado no dia 18 de outubro, são 16 equipamentos que auxiliarão os órgãos de segurança na prevenção de vários delitos. 

Audiência de custódia realizada nesta quarta-feira (23/10), em Dourados, manteve a prisão do policial militar Waldison C., 46, e da professora Dirce C., suspeitos de extorsão contra produtores rurais da região da Perimetral Norte, área que vive intenso conflito por terra no município. 

A manutenção da prisão preventiva de ambos foi confirmada pelo juiz da 2ª Vara Criminal, Marcus Vinicius de Oliveira Elias. 

O policial está no Presídio Militar, em Campo Grande, desde a terça-feira, enquanto a mulher permanece numa das celas do 1º Distrito Policial de Dourados e deve ser transferida a presídio feminino a qualquer momento. 

O caso 

Waldison e Dirce foram presos em flagrante na tarde de segunda-feira quando recebiam R$ 30 mil de produtores rurais como parte de um acordo para manter indígenas que ameaçavam invadir as terras dessas pessoas afastados. 

Policiais civis do SIG (Setor de Investigações Gerais) e da Corregedoria da PM realizaram a ação. 

Ao Dourados News na manhã de ontem, o comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Carlos Silva, afirmou ter sido aberto um processo de investigação criminal contra o policial. 

“Foi feito o flagrante na Justiça Comum e na Justiça Militar. Ele entrou como coautor da mulher que pedia dinheiro. Pelas nossas investigações ele acompanhava essa senhora que ia pegar o dinheiro”, explicou.

Os produtores rurais vítimas da suposta extorsão são alvos frequentes de invasões promovidas por índios nas imediações da Perimetral Norte. 

Homem de 41 anos procurou a polícia em Dourados para denunciar a ex-companheira, 37, após ela invadir a casa dele e o ameaçar com faca. O fato aconteceu na tarde de ontem (30) no bairro Parque Alvorada. 

Conforme o registro da ocorrência, por volta das 16h30 a autora chegou ao local e ficou pendurada no muro. Ao perceber a movimentação, o proprietário do imóvel questionou o que a mulher fazia ali. 

Ela então começou a tirar satisfações sobre o pedido de divórcio emitido pelo ex-marido e pulou para dentro da residência. Ela foi para a porta dos fundos e passou a bater até que o homem abriu.

Ela entrou na casa, pegou uma faca e partiu para cima dele. Durante a confusão a mulher acabou se ferindo, o que a acalmou. Eles conversaram e ela foi embora. 

A vítima filmou toda ação com o celular e deve apresentar aos policiais as imagens, a fim de entrar com ação criminal contra a ex-mulher.

A GMD (Guarda Municipal de Dourados) prendeu um homem de 32 anos acusado de dirigir veículo embriagado e ter colidido o veículo que dirigia outros carros. A equipe da GMD foi acionada na madrugada deste domingo, dia 27 de outubro. 

Os acidentes de trânsito ocorreram por volta das 02 horas da madrugada deste domingo, na avenida Marcelino Pires, na Vila Cuiabá.

No local a equipe localizou o motorista do veículo, um Fiat/Pálio, que colidiu com os demais carros. O motorista estava em visível estado de embriaguez.

 Sobre o acidente o rapaz alegou que teria sido fechado por outro carro, quando ao desviar perdeu o controle do veículo que dirigia e colidiu com os outros três carros que estavam na via pública.

Como estava embriagado realizou o teste do Bafômetro sendo confirmada a embriaguez ao volante com o valor de 0,93 Mg/L, caracterizando crime de trânsito.

Diante da situação o homem foi preso em flagrante, por dirigir veículo embriagado, sendo encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, para os procedimentos legais.

Policiais militares da ALI (Agência Local de Inteligência) e da Força Tática, fecharam ponto de comercialização de entorpecentes na manhã desta terça-feira (22/10), no bairro Ipê Roxo, em Dourados. Um adolescente de 17 anos era quem comandava a ‘boca de fumo’. 

Conforme a ocorrência, após denúncia a PM passou a investigar a casa, localizada na rua Antônio Mendes da Costa. Por volta de 11h30, realizaram a abordagem ao menor e encontraram dois tabletes de maconha, pesando pouco mais de um quilo, além de R$ 1.234 e um aparelho de telefone celular. 

À polícia, o jovem confessou ter adquirido o produto de um desconhecido por R$ 200, porém, tanto ele quanto a mulher, de 18 anos, negaram a procedência do dinheiro ser do tráfico de drogas. 

O adolescente acabou encaminhado à Drai (Delegacia de Repressão ao Adolescente Infrator), autuado em flagrante pelo ato infracional tráfico de drogas e encaminhado à Unei (Unidade Educacional de Internação).

A residência onde o rapaz mantinha a ‘boca’ era próxima a uma escola. 

Mais Artigos...