Dourados-MS,
Prefeitura_corona

Um ônibus da empresa Expresso Queiroz capotou na madrugada desta terça-feira (3) na BR-463, entre Dourados e Ponta Porã. De acordo com o Corpo de Bombeiros, 24 pessoas foram socorridas, entre adultos e crianças - 14 delas foram levadas para o Hospital da Vida, em Dourados.

Conforme apurou o site Ligado na Notícia, o motorista relatou que precisou sair da pista para não bater em caminhão, que invadiu a pista onde o veículo de viagem trafegada. O ônibus capotou após cair numa ribanceira.

Além dos bombeiros, equipes do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram chamadas para socorrer os feridos. Ao Campo Grande News, o Hospital da Vida informou que não há nenhum paciente em estado gravíssimo. Algumas da vítimas foram levadas para Ponta Porã e outra parte para UPA (Unidade de Pronto Atendimento) em Dourados.

Um homem está desaparecido. De acordo com os bombeiros, ele estava na lista de passageiros e tripulantes, mas não está entre os socorridos. Nesta manhã, houve operação para verificar se a pessoa estava debaixo do ônibus, mas nenhum corpo foi localizado.

Foto: Adilson Domingos

Um jovem de 21 anos que trabalha como entregador de uma hamburgueria localizada na Avenida Weimar Gonçalves Torres, em Dourados, teve a moto furtada na madrugada deste domingo (1).

Ele relatou ter estacionado sua Honda Pop preta, ano 2012 e placa NRN-3603, de Dourados, na frente do estabelecimento às 3h40.

Em menos de cinco minutos, quando voltou, ela não estava lá. havia sido furtada. Testemunhas relataram que dois homens furtaram a moto.

O caso foi registrado na Polícia Civil, que deve investigar.

Acidente registradona manhã desta quinta-feira deixou um homem com escoriações pelo corpo. O fato ocorreu no cruzamento das ruas Monte Castelo com a Belo Horizonte, na região do Jardim Independência, em Dourados. 

Conforme apurado pelo Dourados News, a vítima Joaquim Ferreira da Silva, 64, trafegava na Shineray verde pela rua Monte Castelo, quando o motorista de um Fiat Siena, de 82 anos, avançou a preferencial. 

Com a batida, a vítima teve ferimentos leves. 

Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas e realizaram os primeiros socorros no local. 

Zelador que limpava prédio público no Jardim São Pedro, encontrou tabletes de maconha escondidos próximo a um tanque. O fato ocorreu nas dependências do Centro de Apoio ao Deficiente de Dourados na tarde de ontem (21/11).

Conforme a ocorrência, o rapaz retirava o mato e percebeu alguns sacos próximo ao tanque. 

Desconfiado, acionou a Polícia Militar que esteve no local. Durante vistoria, foi encontrado 51 tabletes do entorpecente, totalizando 33,9 quilos. 

O caso será investigado. 

Três homens foram presos pela GMD (Guarda Municipal de Dourados) na noite de quinta-feira (28/11). Everton S.Z., 33, Junior S.S., 23 e Luciano J.S., 37, são suspeitos pelo furto de uma loja de produtos naturais na região central. 

Conforme a ocorrência, o grupo estava num VW Gol, quando chegaram ao estabelecimento localizado na rua Onofre Pereira de Matos, estourou a porta de blindex e levou vários produtos, avaliados em aproximadamente R$ 800.

A Guarda foi acionada e durante rondas pelo Centro, encontrou o trio na rua Nelson de Araújo. 

Na abordagem, a equipe encontrou a mercadoria dentro do carro e encaminhou os suspeitos à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário). Todos acabaram autuados pelo furto. 

Eduardo Júnior de Souza, de 38 anos, foi executado a tiros na manhã deste domingo (24) no Canaã I em Dourados.

Conforme ocorrência, dois homens encapuzados chegaram na casa dele, localizada à rua Rua Projetada 14, se identificaram como policiais e passaram a espancar Eduardo.

A dupla deixou o local, mas retornou em seguida, efetuando vários tiros. Eduardo morreu na hora.

Ainda não há informações sobre os pistoleiros e o motivo do crime. A polícia investiga o caso.

Foi preso na noite desta quinta-feira (21), o ex-marido que atirou contra a cabeça de uma mulher de 32 anos, na madrugada de quarta-feira (20), na cidade de Dourados. Ela foi ferida com um tiro de garrucha.

Policiais faziam rondas por volta das 19 horas no bairro Jardim Pantanal quando perceberam uma movimentação estranha em uma das casas. Ao descerem e fazerem a checagem encontraram o autor que não resistiu à prisão. Ele confessou que atirou contra a mulher por que havia sido traído.

A arma usada para o crime, uma garrucha, ele disse não saber onde estava, segundo informações do site Dourados News. Ele foi levado para a delegacia, onde deve ser autuado por tentativa de feminícidio.

O crime aconteceu por volta da 1 hora da madrugada de quarta (20), quando a mulher estava voltando de um curso técnico, e o homem ficou à espreita dela próximo a residência e ao vê-la desferiu o tiro contra a sua cabeça atingindo o ouvido. Em seguida ele fugiu.

A vítima estava separada do autor, que não aceitava o fim do relacionamento, e estava morando temporariamente com uma senhora que contou aos militares o que havia acontecido.

Foto: Adfilson Domingos

Mais Artigos...