Dourados-MS,
Camara Municipal - transparencia

Foi registrado ontem (13), por volta das 12h30 o furto em uma residência localizada na Rua Floriano Peixoto, no Jardim América, em Dourados.

De acordo com o boletim de ocorrência, a moradora constatou que alguém arrombou o portão dos dos fundos do imóvel e furtou joais e dinheiro.

No mesmo dia foi registrado outro furto na mesma região. A vvizinhança relatou uma movimentação suspeita de um grupo que realizava limpeza de matos próximo ao local. A Polícia Civil investiga o caso.

 

O TRF 3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) negou pedido de liberdade feito pela defesa do ex-diretor financeiro da Secretaria de Saúde de Dourados, Raphael Henrique Torraca Augusto, preso desde o dia 7 de novembro de 2019 alvo da segunda fase da Operação Purificação, denominada Nessum Dorma Adsumus.

Em sessão de julgamento realizada na quinta-feira (13), a 11ª Turma da Corte, por maioria, decidiu denegar a ordem de habeas corpus nos termos do voto do desembargador relator, Fausto De Sanctis, acompanhado pelo desembargador federal Nino Toldo.

Esse julgamento havia começado no dia 30 de janeiro, mas foi interrompido porque o desembargador federal José Lunardelli pediu vistas. Ontem, ele votou favorável à concessão da ordem e substituir a prisão preventiva de Rafhael Henrique Torraca Augusto por medidas cautelares, mas foi voto vencido.

O acórdão ainda não foi publicado, mas o resulto é semelhante ao do pedido de liberdade feito pela defesa do ex-secretário municipal de Saúde, Renato Oliveira Garcez Vidigal, preso no dia 6 de novembro. Ele e seu ex-assessor estão na PED (Penitenciária Estadual de Dourados), acusados de integrar esquema de fraudes licitatórias e desvio de recursos públicos.

Atualmente, Raphael e Vidigal têm habeas corpus pendentes de julgamento no STF (Superior Tribunal Federal), distribuídos ao ministro Marco Aurélio, relator. Além disso, o ex-secretário tem outro recurso concluso para decisão ao ministro Nefi Cordeiro, na relatoria da Sexta Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça). Na 1ª Vara Federal de Dourados, o processo com a denúncia contra eles tramita sob sigilo.

AMEÇAR TESTEMUNHAS

Ainda em 25 de novembro do ano passado, quando julgou o pedido de liberdade de Rafhael em caráter liminar (decisão de efeitos imediatos e provisórios), o relator da 11ª Turma do TRF 3 afirmou que “a prisão fundamenta-se como forma de impedir que o acusado venha a perturbar ou impedir a produção de provas, ameaçando testemunhas, apagando vestígios do crime ou destruindo documentos”.

“Ressalte-se que, se permanecer solto, o investigado, ora paciente, terá facilidade para planejar e executar ações visando impedir o esclarecimento de certos pontos e a identificação do envolvimento de outras pessoas, e, ainda, evadir-se do distrito da culpa, intimidar testemunhas, combinar depoimentos e destruir provas dos crimes, supostamente cometidos, tudo em detrimento da verdade real dos fatos”, pontuou o desembargador Fausto De Sanctis.

Um homem de 47 anos, condenado a 108 anos de prisão pelo crime de latrocínio, foi preso agora pouco por policias da Força Tática em Dourados após roubar um celular.

A vítima deixou a filha na escola Delphos, na região central, e foi surpreendida pelo homem que a empurrou bruscamente e tomou o celular.

A mulher acionou a polícia, que durante buscas encontrou o acusado em uma bicicleta, nas proximidades do bairro João Paulo II.

O autor, que é portador de tornozeleira eletrônica, tentou fugir, mas foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu na madrugada desta terça-feira (11/2), em Dourados, 40 mil pacotes de cigarros contrabandeados de Paraguai durante abordagem a uma carreta no km-272 da BR-163. 

O condutor conseguiu fugir. Antes, ele foi perseguido e ‘jogou’ o veículo por diversas vezes contra a viatura. 

Conforme a ocorrência, por volta de 4h30 os agentes realizaram abordagem de rotina ao motorista da Scania, que não respeitou o sinal de parada. 

Durante perseguição, por vezes o condutor tentou bloquear a viatura ou jogar os semirreboques sobre ela para evitar a abordagem. 

No perímetro urbano da Vila São Pedro, distrito de Dourados, o condutor abandonou o caminhão e fugiu. 

Sob a lona do caminhão, os policiais encontraram 800 caixas de cigarros das marcas Fox e Eight, totalizando 40 mil pacotes.

A mercadoria e o caminhão acabaram encaminhados à Receita Federal de Ponta Porã, já que não houve flagrante.

O caso foi registrado no final da tarde de ontem (12). De acordo com a vítima uma pessoa mandou mensagem se passando por uma amiga, dizendo que estava precisando de um favor, pois estava com problema no aplicativo e precisava fazer um pagamento com urgência.

Na sequencia, o golpista perguntou se ela poderia depositar a quantia de R$ 1.500, a vítima acreditando se tratar realmente da amiga, depositou o valor na conta. Após entrar em contato com a verdadeira amiga constatou que caiu em um golpe. A Polícia Civil investiga o caso.

Uma jovem de 18 anos, identificada como Elen, ficou ferida em um acidente de trânsito ocorrido no prolongamento da Avenida Marcelino Pires, próximo ao Monumento ao Colono, em Dourados.

Ela pilotava uma moto que colidiu com um carro. As circunstâncias do acidente ainda estão sendo apuradas.

A jovem foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada inconsciente para o Hospital da Vida, o estado de saúde inspira cuidados.

Um idoso de 68 anos, morador no Jardim Raslem, foi roubado na noite de segunda-feira (10/2), em Dourados, após dar carona a uma travesti. O caso ocorreu na avenida Independência, no Jardim Itália. 

Conforme o boletim de ocorrência, por volta de 19h30 a vítima usava o terminal de autoatendimento de uma agência bancária localizada na avenida Joaquim Teixeira Alves, quando começou a conversar com a suspeita. 

Momentos depois, a travesti pediu carona e o homem aceitou leva-la.

Ainda segundo relato do idoso, ao chegar na avenida Independência, a suspeita pegou a carteira da vítima e fugiu levando documentos pessoais, cartões e R$ 850. 

O caso foi denunciado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) e será apurado. 

Mais Artigos...