Dourados-MS,
 Camara municipal-principal

Foto - Osvaldo Duarte

Adolescente de 14 anos, morador no Jardim Pantanal, foi apreendido por policiais militares do Choque durante festa realizada nesta madrugada (15/7), no bairro Harrison de Figueiredo, em Dourados. O menor portava maconha e confessou que comercializava o produto há pelo menos 15 dias. 

Conforme o boletim de ocorrência, durante ‘batida’ no evento, a equipe abordou o jovem e encontrou com ele porção do entorpecente. 

No primeiro momento negou o tráfico e alegou ser usuário. Em seguida, levou os policiais até a casa onde reside, na rua Girassol. Lá, foram encontradas mais 15 porções, totalizando 1,3 quilo. 

Questionado, confessou ter adquirido a droga por R$ 350 para comércio. Além da maconha, no local houve apreensão de faca, aparelho de telefone celular, balança de precisão e embalagens para dividir o produto em porções. 

Encaminhado ao 1º Distrito Policial, autuado pelo ato infracional tráfico de drogas e posteriormente levado à Unei (Unidade Educacional de Internação) Laranja Doce. 

 

 

Dourados News

Foto - Osvaldo Duarte

Acidente registrado na madrugada deste domingo (15/7), em Dourados, deixou gravemente ferido o músico Alesandro Pichinini Calindo, 46, o Paulista. O caso ocorreu por volta de 1h, na região central da cidade. 

De acordo com o boletim de ocorrência, ele trafegava pela rua Albino Torraca a bordo de uma bicicleta motorizada e teria atravessado a avenida Joaquim Teixeira Alves, onde acabou atingido pelo Honda W-RV conduzido por mulher de 48 anos, residente do Parque Alvorada. 

Com o impacto, a vítima sofreu várias fraturas e foi encaminhado pelo  Corpo de Bombeiros até o Hospital da Vida e seu estado de saúde é considerado gravíssimo. 

À polícia, a mulher disse que seguia pela avenida e acabou surpreendida com o ciclista atravessando em sua frente. 

 

 

Dourados News

 

Laboratório de cocaína desmontado pelos policiais. - Foto: Adilson Domingos

O Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil de Dourados, com apoio da Polícia Militar, realizou na sexta-feira (13), a Operação Terra Prometida, com objetivo de desarticular esquema de tráfico de drogas e de armas de fogo operado a partir dos jardins Canaã I e Aidê, assim como no município de Douradina. 

Cinco pessoas foram presas e os policiais desmontaram ainda laboratório de refino de pasta base de cocaína.  As investigações vinham sendo realizadas há 90 dias e a ação foi deflagrada às 5 horas desta manhã, com ajuda do canil da PM. 

Segundo delegado Rodolgo Daltro, chefe do SIG, foram recolhidas cinco armas de fogo e aproximadamente 500 munições nos calibres .40, nove milímetros, 380, 38, e de fuzil 762. No laboratório que funcionava no Canã I, os policiais apreenderam produtos químicos e quantidade suficiente de droga para fabricar 1.500 papelotes de cocaína.

"Lá foram presas duas pessoas que eram as responsáveis por abastecer as bocas de fumo da região", explicou o delegado. Outras duas pessoas estavam ligadas ao comércio de armas e munições e um homem, residente em Douradina, distribuía e alugava armamentos a criminosos, para usos em assaltos e outras ocorrências. "Também apreendemos um tipo de super estilingue usado para lançar objetos dentro de presídios", pontuou.

 

 

Correio do Estado

 

Foto - Osvaldo Duarte

Mesac Araújo Martins, 51, foi morto na madrugada desta segunda-feira (2/7) em Dourados. Conforme a perícia, a vítima acabou atingida com vários golpes de tijolo e barra de concreto. 

O principal suspeito é o irmão de 47 anos, preso pela polícia e que nega ter cometido o crime.

De acordo com o apurado, ambos moram juntos em residência localizada na rua Bezerra de Menezes, Jardim Flórida. 

Na noite de ontem, o suspeito, usuário de drogas, disse ter saído para comer uma pizza e ao retornar, no início da madrugada, encontrou o irmão morto. 

A versão do homem não convenceu a polícia e ele foi encaminhado ao 1º Distrito Policial de Dourados, autuado em flagrante pelo homicídio.  

Foto - Osvaldo Duarte

 

 

Dourados News

Foto - Divulgação

Um casal foi atropelado por um amigo na noite de sábado (14), em Dourados, após não aceitarem o convite do homem para sair. Identificado como Pedro Esposito, de 56 anos, atropelou a mulher, fez o retorno e atingiu o homem em seguida.

Conforme o boletim de ocorrência registrado pela filha do casal, Pedro mora na vizinhança do casal. Eles saíram de casa às 14h e quando retornaram, o autor fez o convite para que saíssem novamente. Após recusar o convite, o casal retornava a pé para casa, quando Pedro os atropelou com seu veículo Parati.

Ele passou sobre as pernas da mulher, fez o retorno e voltou para atropela-la novamente. Nesse momento, o homem se jogou na frente do veículo e foi atingido. Em seguida Pedro fugiu do local.

As vítimas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhados ao Hospital Evangélico. A mulher precisou passar por cirurgia, pois fraturou a perna em três lugares. Já o marido ficou sob observação. Viaturas da Polícia Militar realizaram buscas pela região, mas não encontraram o suspeito.

 

Correio do Estado

Foto - Osvaldo Duarte

Diego De Leon Ferreira, 18, acabou preso e um adolescente de 16 anos apreendido na tarde de quarta-feira (4/7) em Dourados por envolvimento num esquema de falso aluguel de caminhões realizado no município. Outras duas pessoas que também participavam da ação conseguiram escapar, porém, já estão identificadas. Um deles até com mandado de prisão expedido.

Homem de 31 anos, morador em Toledo (PR), chegou ao município atraído por anúncio prometendo contratar caminhões-pipa para uso em usinas da região. 

Ao chegar na cidade, ele se encontrou com os quatro suspeitos no Trevo da Bandeira e negociou os valores. Em seguida, um dos integrantes disse a ele para se deslocar com outros dois golpistas até um cartório enquanto o veículo seria levado para vistoria. 

Percebendo a possibilidade de golpe, ele conseguiu acionar a Polícia Militar, que através da Rádio Patrulha efetuou o flagrante nos dois jovens. 

Os outros membros do esquema conseguiram fugir, porém, em trabalho de investigação de policiais civis do SIG (Setor de Investigações Gerais), já foram identificados e são procurados.

Encaminhados ao 1º Distrito Policial, ambos acabaram autuados em flagrante por associação criminosa e tentativa de furto. Diego ainda responderá por corrupção de menores.

O esquema

De acordo com a polícia, outras pessoas já caíram no golpe em Dourados. O esquema é realizado através de anúncio prometendo altos valores de aluguel de caminhões para os trabalhos nas usinas na região. 

Quando a vítima se encontra com os criminosos, fecha o acordo e é levado até cartórios da cidade para a realização e assinatura de um suposto contrato. No caminho para registro, os integrantes da quadrilha ganham tempo com ações diversas.

Ao chegar nesses locais para a confecção do contrato, os golpistas continuam a conversa até receberem ligação alertando para a chegada do veículo furtado no Paraguai. A partir daí, eles abandonam a vítima.  

 

 

Dourados News

Foto - Dourados News

Dois homens identificados como Diego Cardoso, 18, e Lidionor Gutiérrez dos Santos, 75, foram baleados por volta das 17h de sábado (30) na Rua DA15, região do bairro Dioclécio Artuzi em Dourados. Os suspeitos fugiram em um veículo GM Corsa. 

Segundo informações preliminares, os atiradores chegaram ao local com o objetivo de atentar contra o rapaz de 18 anos. O idoso teria sido atingido por estar próximo ao alvo dos criminosos.

Diego levou três tiros nas costas e Lidionor foi ferido com um tiro no braço esquerdo. O rapaz foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) enquanto o idoso por equipe do Corpo de Bombeiros. As vítimas foram encaminhadas ao Hospital da Vida. 

Ainda não há informações do que teria motivado o atentado. O caso será investigado pela Polícia Civil de Dourados. 

 

Vítima de atentado no Dioclécio Artuzi mentiu o nome

Na ocasião do crime, os feridos foram identificados como Diego Cardoso, 18 anos, e Lidionor Gutiérrez dos Santos, 75 anos.

Quando na verdade o nome do jovem atingido com três tiros, sendo dois Nas costas e outro em um dos braços, é Maicon Laureano Cardoso, 22 anos e não Diego Cardoso.

 

 

 

 

Dourados News

 

Mais Artigos...