Dourados-MS,
CMD-DROGAS

Foto - Osvaldo Duarte

Ana Cleia Savala Gonçalves, 21, responderá em liberdade pela morte do marido Marcos Ferreira de Almeida, 41. A medida foi tomada por decisão da Justiça durante audiência de custódia realizada na tarde desta quarta-feira (3/10) na 3ª Vara Criminal de Dourados. 

O fato ocorreu na noite de segunda-feira (1/10), na casa onde morava o casal, na comunidade Ouro Fino, atrás da Sitioca Campo Belo, região Sudoeste do município. 

Para justificar a decisão, o juiz alegou legítima defesa da jovem. Antes de golpear Marcos no pescoço, ela foi agredida. 

"Havendo elementos indicando que o ato foi perpetrado em legítima defesa, não há justificativa para a manutenção da prisão cautelar. Concedo liberdade provisória, mediante termo de comparecimento aos atos processuais. Expeça-se alvará de soltura”, diz trecho da decisão anexada ao processo.

Conforme relato de Ana no dia do fato, o marido era usuário de entorpecentes e alcoólatra e ao chegar em casa, teria batido nos filhos e depois na jovem. 

Pouco depois, voltou e lhe acertou um tapa nas costas. 

Ainda segundo Ana, para se defender ela pegou uma faca e desferiu o golpe contra Marcos, atingindo o seu pescoço. 

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, porém, o homem já estava morto. A acusada permaneceu no local até a chegada da polícia e acabou autuada em flagrante pelo homicídio. 

 

Dourados News

Foto - Divulgação

Dois homens de moto, um deles armado, acabou ferindo a tiros um rapaz na noite de sexta-feira (28/9) na rua Joaquim dos Santos Veríssimo, região do Jardim Guanabara, em Dourados. 

De acordo com o boletim de ocorrência, Renan Oliveira Freitas, 26, estava sentado na frente da casa onde reside, quando os suspeitos passaram e realizaram os disparos. 

A vítima acabou atingida no braço esquerdo e tórax. Equipes do Corpo de Bombeiros e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), o socorreram e encaminharam ao Hospital da Vida. 

Renan disse desconhecer os motivos do atentado. O caso é investigado pela polícia. 

 

Dourados News

Foto - Adilson Domingos

Jovem foi espancada até a morte no Pelicano
Mayara Freitas Matoso, 21, foi espancada e depois estrangulada até a morte. O caso ocorreu no início da tarde deste sábado (22/9), no Jardim Pelicano.

Ela foi encontrada por uma amiga sobre a cama da casa onde mora, na rua Francisco Luiz Viegas. 

Ao lado do corpo havia manchas de sangue. O caso é investigado.

Morreu na madrugada desta quarta-feira (19/9) em Dourados, Juliano Cardoso Sampaio, 35, morador no bairro Estrela Hori. No dia 13 de setembro ele acabou ferido ao ser esfaqueado pelo filho, adolescente de 16 anos.

Conforme a ocorrência, o rapaz sofreu complicações e não resistiu. O óbito foi registrado por volta de 2h no Hospital da Vida. 

O caso 

No dia 13, Juliano acabou esfaqueado pelo próprio filho, adolescente de 16 anos. Na casa estavam a esposa, de 38 anos, a vítima e o menor. 

Após bebedeira, o casal começou a discutir e a vítima pegou uma faca, ameaçando a mulher. 

Ao observar a cena e para defender a mãe, o jovem também se apossou do objeto e desferiu golpe no abdômen do pai.

 

Dourados News

Foto: Divulgação - GM

Na noite desta quinta-feira (27), Sara Clarimundo, 25, acabou presa após ser flagrada transportando maconha em mala de viagem na Rodoviária Renato Lemes Soares em Dourados. Durante a abordagem a mulher fez alvoroço no terminal e agressiva, acabou quebrando o compartimento de presos da viatura da Guarda Municipal com chutes.

Ela é moradora no Paraná e acabou flagrada pela GM após atitudes suspeitas na plataforma de embarque. 

Na abordagem a acusada criou um grande tumulto na rodoviária e na sua bagagem foram encontrados 12 tabletes de maconha que pesaram aproximadamente 10,5 quilos. Ao ver que iria ser presa começou a xingar os guardas e gritava que o "bagulho era dela mesmo, que era usuária e que teria usado um monte naquele dia". 

A jovem, muito agressiva, desacatou a equipe e ainda resistiu a prisão lesionando um dos agentes na mão e também danificou a viatura quebrando  compartimento de transporte de presos com chutes.

Diante da situação a autora foi presa em flagrante e encaminhada a delegacia de polícia para os procedimentos legais e lá não prestou nenhuma informação sobre o tráfico de drogas à guarnição.

 

Dourados News

Foto - Divulgação

Homem de 58 anos foi encontrado caído por volta de 3h desta quinta-feira (20/9) na avenida Hayel Bon Faker, próximo ao Trevo da Bandeira, em Dourados. Horas depois, ele não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo no Hospital da Vida. 

De acordo com a família de Luiz Laurindo da Silva, morador na Vila Cachoeirinha, próximo a ele havia carenagens de uma motocicleta. Porém, a polícia ainda trabalha para saber se o atropelamento ocorreu. 

Luiz chegou a ser socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhado ao HV, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu por volta de 6h.

O caso é investigado. 

Foto - Divulgação

João Antonio Jorge, 64, morador em Dourados, morreu por volta das 19h, da sexta-feira (14), no Hospital da Vida. Ele estava internado na unidade desde o dia 12, após ter sofrido uma queda em sua residência.

Não consta no boletim de ocorrência mais detalhes sobre como teria ocorrido o acidente. 

Logo após o fato, ele foi socorrido e ao dar entrada na unidade encaminhado para a ala vermelha na unidade. 

Ele não resistiu aos ferimentos e morreu. Não foi divulgada a causa específica que teria levado ao óbito. 

 

Dourados News

Mais Artigos...