Dourados-MS,
Camara Municipal - transparencia

Foi preso na noite de ontem (22) um pedreiro de 56 anos acusado de matar a facadas o vizinho Vilmar Coelho da Silva, de 51 anos. O crime aconteceu a tarde por volta das 16h na Vila Rosa. De acordo com testemunhas o autor e a vítima estavam desde as 14h da tarde discutindo pelo conserto de uma porta e haviam ingerido bebido alcoólica.

Vilmar foi atingido com facada entre o pescoço e tórax e o autor fugiu do local. Após o crime, a Guarda Municipal começou a fazer rondas em busca do autor e recebeu a denúncia que ele estava na região da Vila Rosa. A equipe flagrou o acusado em baixo de uma árvore, no escuro na Rua José de Alencar.

Durante a abordagem o acusado confessou ser o autor do homicídio que vitimou Vilmar. Na cintura dele foi localizada a faca pontiaguda que confessou ter utilizado no crime, medindo aproximadamente 25 cm. Ele relatou que conhecia a vítima e moravam no mesmo conjunto residencial onde há várias quitinetes na Rua Floriano Bruno e estavam reunidos no local desde as 9h ingerindo bebida alcoólica.

Ele relatou ainda que estava trabalhando para vítima, instalando uma porta em sua residência. Em determinado momento passaram a discutir sobre a instalação, momento que a vítima teria desferido dois socos em seu rosto, mandando que instalasse logo a porta e saísse de sua casa.

Ele afirmou que decidiu se vingar da agressão e matar Vilmar. Foi até a sua residência que fica de frente à casa da vítima e pegou a faca na cozinha e logo em seguida golpeou a vítima que estava na calçada da residência.

Ele foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.

A Polícia Militar de Dourados, através da ALI (Agência Local de Inteligência) e Força Tática, prendeu dois homens, Denisvaldo e Bruno, por tráfico de drogas na região do Ginásio Municipal. 

Conforme o registro da ocorrência, as corporações teriam recebido denúncia anônima informando sobre o crime. Por volta das 18h de ontem, as equipes se deslocaram até a Rua Continental, na Vila Rosa, e encontraram Denisvaldo em atitude suspeita. 

Abordado e revistado, foi encontrado com ele uma sacola, com carteira de cigarros ‘recheada’ com 26 papelotes de pasta base de cocaína, escondida na cueca. Questionado o autor confessou o tráfico e disse que teria pegado a droga com Bruno, que é cadeirante e vizinho em conjunto de quitinetes. 

Ao abordar o rapaz indicado, foi encontrado com ele na cadeira de rodas, 26 porções da mesma droga. Na casa dele foi encontrado ainda, dentro de um pote de creme, R$ 64. 

No auto do registro de flagrante, na delegacia, a dupla preservou o direito de ficar calado. 

Geraldo de Souza Pereira Neto, 41 anos, foi encontrado morto na cela 47 da Penitenciária Estadual de Dourados. Ele cumpria pena na cela 17. 

Segundo apurado pelo Dourados News, o espaço onde o corpo foi achado fica na galeria ‘A’ superior, no raio 2. O corpo estava pendurado no cambão de segurança da porta. 

A morte do detento foi descoberta ontem (14/1) após o banho de sol. O caso foi registrado como morte a esclarecer no 2° Distrito Policial.

Por volta das 12h desta segunda-feira (13/1), Vânia D.S.G. de 23 anos foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) na rua Elias Milan, bairro Jardim Flórida, e levada ao HV (Hospital da Vida) onde está internada. 

De acordo com informações de Boletim de Ocorrência, a indígena foi atingida por nove facadas. Os golpes atingiram as mãos, rosto e abdome. 

Vânia, apesar de ser indígena, não pertence a uma aldeia fixa. Ela contou aos policiais que seguia pela rua José Roberto Teixeira acompanhada de outras pessoas quando discutiu com outra indígena identificada apenas como “Sílaba”. 

As duas mulheres começaram a brigar e a acusada retirou uma faca que estava em uma mochila e desferiu os golpes contra Vânia que correu e acabou caindo na extensão da rua Elias Milan. A bicicleta da vítima foi levada pela acusada. 

Apesar da quantidade de ferimentos, Vânia não corre risco de morte e segue internada no HV. O caso foi registrado na 1° Delegacia de Polícia Civil de Dourados como roubo seguido de tentativa de homicídio. 

Um posto de combustível localizado na avenida Marcelino Pires, foi alvo de assaltos na noite de ontem (20/1) e madrugada desta terça-feira (21/1) em menos de duas horas. A polícia acredita que em ambas as ocorrências, o autor seja a mesma pessoa. 

O primeiro assalto aconteceu às 22h25, quando criminoso chegou até o estabelecimento onde estavam dois frentistas, de 25 e 29 anos. Ele rendeu o mais velho, que estava no caixa, exigindo a entrega de todo valor recolhido na gaveta. 

O trabalhador resistiu a abordagem e entrou em luta corporal com o criminoso. Durante a briga o autor deixou cair o celular e o relógio. Mesmo resistido, o bandido conseguiu levar R$ 500 que estavam no bolso do frentista.

O ladrão chegou a ser perseguido, mas conseguiu escapar pulando muros em comércios. 

Logo em seguida, a 00h10, o mesmo posto voltou a ser assaltado. Desta vez uma frentista de 30 anos seguia no expediente. O bandido a rendeu, tomou R$ 800 do caixa e fugiu. 

A Polícia Militar foi acionada, mas o criminoso não foi localizado. Seguindo as características apontadas em ambas as ocorrências, os investigadores acreditam se tratar da mesma pessoa. 

O caso segue sendo apurado no 1° Distrito Policial de Dourados. 

Rapaz identificado como Gabriel, de 22 anos, morador no Jardim Canaã 1, foi preso na tarde de ontem (13/1) após invadir e furtar a casa de um idoso de 61 anos na rua José de Alencar, próximo à Madeireira Sucupira, na região do Jardim Alambra.

Conforme o boletim de ocorrência, Gabriel teria invadido o quintal da casa e estourado a porta. Do imóvel, ele levou 50 metros de fio, duas torneiras e dois chuveiros. 

O proprietário acionou a Guarda Municipal, que após rondas pela região localizou o autor e o encaminhou para o 2° Distrito Policial. Lá o rapaz foi autuado em flagrante pelo furto. Ele já cumpriu pena por homicídio em Dourados.

O motociclista Oscar Lescano Sanábria, 55 anos, morador na Sitioca Ouro Fino, em Dourados, foi encontrado morto por volta das três horas da madrugada deste domingo, dia 12 de janeiro, no km 253, na rodovia BR-163, nas proximidades do trevo da Embrapa, no sentido Dourados/Caarapó.

Segundo informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal), que atendeu o acidente, a guarnição foi aviusada por um casal que passou pelo local e viu a vítima caída no canteiro central da rodovia ao lado de uma motocicleta importada marca Kenton.

De posse das informações os patrulheiros foram até o local e encontraram o homem, que pela rigidez cadavérica, calcula-se que o acidente aconteceu por volta das 22 horas de sábado. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Dourados, onde deverá ser submetido a exame de necropsia.  

Mais Artigos...