Dourados-MS,
Câmara_plano_diretor

Foto - Divulgação

Rapaz foi esfaqueado no pescoço durante assalto na noite de segunda-feira (7/1), em Dourados. Micael da Silva Pereira, 26, acabou encaminhado ao Hospital da Vida e seu estado de saúde é considerado grave. 

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima pilotava uma Honda CG Titan 150cc, azul, placa AMB-9982, pela rua Assaí, no bairro Estrela Verá por volta de 21h30, quando acabou surpreendido pelo criminoso. 

O ladrão portava uma faca e no momento da abordagem, desferiu o golpe na vítima e fugiu em seguida com a moto. 

Micael acabou socorrido por equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhado ao Hospital da Vida em estado grave. 

O caso é investigado e foi registrado no 1º Distrito Policial de Dourados. 

 

Dourados News.

Foto - Osvaldo Duarte

O indígena Willismar Barbosa Garcia, 27, morador na aldeia Jaguapiru foi assassinado na madrugada deste domingo (06), às margens da MS-156, em Dourados. É o primeiro caso deste tipo de crime no município em 2019. 

Conforme informou o irmão da vítima de 18 anos aos policiais civis que acompanharam o caso, Willismar seguia de moto com um amigo quando pararam em um bar próximo ao trevo que dá acesso a Reserva Indígena. 

O irmão dele conta que estava em outra moto acompanhado com a namorada no momento do fato e parou no mesmo local. 

O motivo que fez que o grupo parasse no bar foi falta de gasolina em uma das motocicletas. 

No momento em que o grupo chegou ao local, conforme o irmão da vítima acontecia uma confusão. Willismar teria então ido apenas cumprimentar uma pessoa do local identificada até o momento com o apelido de “irmão”, sendo que este estava com uma faca em mãos e o atingiu com dois golpes na altura do peito.

O socorro foi chamado. Willismar foi encaminhado para o Hospital da Vida. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu logo após dar entrada na unidade. 

Policiais civis acompanham o caso.

 

Dourados News

Foto - Osvaldo Duarte

Motociclista morreu na madrugada desta sexta (28) em Dourados após colidir contra um caminhão de lixo. O acidente ocorreu na MS-156, entre o trevo do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e o Jardim Guaicurus, região sul da cidade. 

De acordo com o motorista do veículo envolvido no caso, de 50 anos, ele retornava do aterro sanitário quando Ailton de Azevedo Morais, 50, que seguia no sentido contrário numa Honda CG Titan 125cc vermelha, invadiu a pista em que estava. 

Ainda conforme o condutor, houve a tentativa de desviar da moto, porém, o choque não foi evitado. 

Ailton acabou batendo na lateral do caminhão e seu corpo caiu sob o veículo. 

Equipes do Corpo de Bombeiros estiveram no local, porém, constataram a morte do homem antes de leva-lo ao hospital. No momento do acidente, chovia bastante e o caso é investigado pela polícia. 

 

Dourados News

Foto - Osvaldo Duarte

Thiago Manfré Baroso, 18, soldado do Exército Brasileiro,  morador na Vila São Pedro foi vítima fatal de acidente de trânsito na madrugada deste sábado (22), em Dourados. O fato ocorreu no anel viário, próximo a Penitenciária Estadual de Dourados. 

Conforme informações policiais, por volta das 2h30,  o rapaz seguia sozinho em um veículo Fiat Siena, cor preta, placas de Dourados e havia saído de Indápolis e seguia para Dourados, quando em circunstâncias que ainda são desconhecidas perdeu o controle do veículo e capotou.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas quando a equipe chegou ao local, o rapaz já estava morto. 

Um amigo da vítima seguia atrás dele em outro carro e disse que ele capotou próximo ao trevo ali existente.
A pista não chegou a ser interditada.  

 

Dourados News

Foto - Divulgação

Wellington Campos Viana, 19, morador na Vila Cachoeirinha, em Dourados, acabou baleado na frente do irmão e da sobrinha na noite de quinta (3). O caso ocorreu na rua Apolinário da Silva Ramos, por volta de 20h30.

De acordo com a ocorrência, a vítima disse que havia pegado o aparelho de som emprestado de uma mulher e na tarde de ontem, devolvido. Horas depois, o rapaz estava sentado em frente a residência onde mora quando ela chegou de moto com outra pessoa.

Para Wellington, ela reclamou que algumas peças estavam faltando no aparelho. 

O rapaz então, ainda conforme o registro policial, entrou e procurou, retornando em seguida afirmando não ter encontrado, momento em que o acompanhante da mulher sacou a arma e efetuou cinco tiros. 

A vítima acabou atingida no braço e nas costas. Um outro disparo pegou de raspão, também nas costas. 

Familiares socorreram o jovem e o levaram ao PAM. De lá, uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) realizou o transporte até o Hospital da Vida, onde ele permanece internado em estado grave. 

O caso é investigado e foi registrado como tentativa de homicídio. 

 

Dourados News 

Foto - Adilson Domingos

Eveline Garcia Murgi, 35, é investigada como “arquiteta” do assassinato do próprio irmão Luciano Garcia Murgi, 42. Além dela, a polícia autuou pelo crime o esposo dela Valdinei da Silva Arruda, 36, e Alessandro Dantas Chaves, autor confesso das facadas que resultaram na morte de Luciano. 

Luciano foi morto no jardim Pantanal, periferia de Dourados. Conforme mostrado pelo Dourados News, Alessandro Dantas Chaves conhecido como “mosquito” disse aos policiais que tinha sido procurado por uma irmã de Luciano para ir até a casa da família buscar um filho dela que teria ficado no local, após serem expulsos pela vítima, mas ao chegar no local, o mesmo já não estava lá. Neste momento, conforme ele informou à polícia, Luciano tentou agredi-lo e houve luta corporal, o que fez com que pegasse a faca e golpeasse a vítima que morreu em seguida. 

A irmã citada por “mosquito” é Eveline. Aos policiais ela confirma a versão de que teria pedido para “mosquito” ir até ao local para buscar o filho dela, diante do fato de que Luciano havia expulsado todos da casa e o garoto tinha ficado para trás e ligado para ela falando que a vítima fazia ameaças a ele. 

Ela teria pedido para que Valdinei acompanhasse “mosquito”. O relato do trio autuado é que a discussão se iniciou e que Luciano iniciou agressão física e acabou golpeado por “mosquito”, sendo que Valdinei, o esposo da Eveline teria tentado separar.

No entanto, a Polícia Civil investiga o fato de que Eveline já vinha “arquitetando” a morte do irmão, inclusive teria feito contato anteriormente com outras pessoas para contratar o assassinato. 

A motivação seria problemas de dependência química de Luciano. Relatos do trio autuado de que ele “dava trabalho”, “brigava com todos quando bebia” foram constantes. A vítima tinha passagens pela polícia. 

O caso é investigado pelo 1° Distrito Policial de Dourados. 

 

Dourados News

Marcos Fioravanti Neto, 22, acusado de assassinar a namorada Maiana Barbosa de Oliveira, 20, e a filha dele em 25 de novembro, em Dourados, foi encontrado morto há pouco, enforcado, em uma das celas da Penitenciária Estadual, onde estava desde o final do mês passado. 

Peritos estão no local, de acordo com o apurado. Ainda não há maiores detalhes sobre o caso. 

Maiana e a filha foram encontradas pela mãe de Marcos na manhã do dia 26 de novembro, já mortas, na casa onde ela morava. Horas depois, no mesmo dia, o rapaz acabou preso em Glória de Dourados. 

A detenção dele ocorreu após tentar roubar uma idosa para abastecer a moto que havia furtado e usaria na fuga até o litoral do Estado de São Paulo. 

 

Dourados News

Mais Artigos...