Dourados-MS,
Camara- (1000x90)

Fazendeiro que matou desafeto em cartório há oito anos é absolvido

Foto - Divulgação

Dourados
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O fazendeiro Alcino Dias Campos, 82, conhecido como “Criatura” foi absolvido pelo assassinato do advogado Paul Oserow, em março de 2010, no interior do Cartório do 1° Ofício em Dourados. A decisão do júri ocorreu nesta quinta-feira (24), no Fórum Dr. João Adolfo Astolfi, em Dourados. 

A justiça entendeu que no caso ocorreu legítima defesa putativa. Alcino foi absolvido por quatro votos a favor, sendo que não ocorreu voto contrário. 

Foi determinada ainda a devolução ao fazendeiro da arma utilizada no crime, pistola calibre 380. Ele possuía porte regulamentar da mesma, bem como registro ‘legal’. 

O caso 

O advogado Paul Oserow, de 62 anos, foi assinado com quatro tiros de pistola, dentro do Cartório do 1º Ofício em Dourados, no dia 26 de março de 2010. O fazendeiro Alcino Dias Campos, na época com 75 anos foi acusado pelo crime. 

O desentendimento entre os dois seria por conta de problemas quanto a documentação de um imóvel. O “Criatura” fugiu após a ação. 

Alguns dias depois, o então acusado se apresentou no 1° Distrito Policial acompanhado de advogado. 

 

 

Dourados News