Dourados-MS,
Semestre- Camara

Justiça liberta motorista preso com maconha em caminhão de recicláveis

Foto - Osvaldo Duarte/Arquivo

Dourados
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

A Justiça concedeu liberdade ao motorista Almir Rogério Balbo, preso no dia 24 de abril em Dourados durante ação conjunta entre policiais militares e federais. Ele estava na PED (Penitenciária Estadual de Dourados e era o motorista do caminhão Mercedes Benz apreendido com quase 700 quilos de maconha no Jardim Guanabara.

No dia, após o flagrante, foi possível chegar a um depósito de materiais recicláveis, onde havia mais entorpecentes. 

O juiz Marcus Vinícius de Oliveira Elias emitiu o alvará de soltura após pedido dos advogados Celso Berth e Rubens Saldivar. A alegação da defesa é de que Almir é réu primário, possuí residência fixa e trabalha como motorista.

Antes dele, outras duas pessoas acabaram soltas. Marlon Daniel Ferreira Oliveira, 18 e Pâmela Helen dos Santos, 24.

O caso
 

No dia da ação, 10 pessoas acabaram presas. Além de Almir, Pamela e Marlon, Valter Marcelo Demeu, 42, Gilmar Pinheiro Rojas, 35, Elecir Belini Silva, 38, David dos Santos Marques, 30, Maycon Michel dos Santos, 27, Miguel Augusto Souza dos Santos, 20 e Tatiane Almeida de Oliveira, 25 foram encaminhados ao 1º Distrito Policial.

Tatiane e Elecir são namorados e ela acabou autuada apenas por posse de munição .40. 

O rapaz, além do tráfico, responderá também por portar carregador de pistola e munições .40 e calibre 22. 

O proprietário do depósito onde estava parte da droga, Carlos Roberto dos Santos, o ‘Carlinhos’, 44, não foi encontrado e se apresentou acompanhado dos advogados no dia seguinte. Em depoimento, ele informou não saber da existência dos entorpecentes na carga e foi liberado para responder em liberdade. 

 

 

 

Dourados News