Dourados-MS,
Câmara_novo

PF deflagra 2ª fase da Operação Nepsis e cumpre mandados em Dourados

Foto - Osvaldo Duarte -Dourados News - Arquivo

Dourados
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça (26), a segunda fase da Operação Nepsis, que mira esquema de contrabando de cigarros. Nesta etapa, são cumpridos um mandado de prisão preventiva e três mandados de busca e apreensão no município de Dourados.

A ação tem objetivo de buscar elementos de prova e prender um homem que se passava falsamente por policial federal, a fim de solicitar propinas da Organização Criminosa desmantelada na primeira fase, em 22 de setembro do ano passado.

Na época, vários policiais rodoviários federais acabaram levados à delegacia da PF em Dourados em cumprimento a ordens judiciais. 

De acordo com a PF, a organização investigada formou um verdadeiro consórcio de grandes contrabandistas, com a criação de uma sofisticada rede de escoamento de cigarros contrabandeados do Paraguai. 

Os produtos entravam no país pela fronteira do Mato Grosso do Sul, a qual se estruturava em dois pilares: um sistema logístico de características empresariais e, ainda, a corrupção de policiais cooptados para participar do estratagema criminoso.

O preso foi indiciado pelos crimes de Organização Criminosa (art. 2º da lei n. 12.850/2013) e Tráfico de Influência (art. 332 do Código Penal).

NEPSIS

Segundo a mitologia grega, “Nepsis” significa vigilância interior, estado mental de atenção plena. A operação foi assim batizada em alusão ao cuidado necessária para se combater as sofisticadas atividades criminosas ligadas ao contrabando e à vigilância em relação à própria atividade de fiscalização estatal para conter a corrupção de servidores públicos.

 

Dourados News