Dourados-MS,
 Camara municipal-principal

Acusados de matar jovem a facadas em Dourados se apresentam à polícia

Foto - Divulgação - SIG

Dourados
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Thalis Eduardo Assis de Souza, 19, e um adolescente de 13 anos se apresentaram na segunda-feira (18/2) à Polícia Civil. Eles são acusados pela morte de Anderson Salustiano da Silva, 28, ocorrida na madrugada do dia 10 de fevereiro, na rua Cândido de Carvalho, no João Paulo II, em Dourados. 

A vítima foi esfaqueada e teve a faca cravada nas costas. No corpo dela havia ainda sinais de agressão.  

De acordo com o delegado do SIG (Setor de Investigações Gerais), Rodolfo Daltro, após o crime, relatos de testemunhas apontavam para uma rixa entre Thalis e Anderson. 

Durante as investigações, a polícia descobriu que o suspeito havia deixado a cidade e se mudado para uma propriedade rural em Maracaju e também que outra pessoa teria participado da ação. 

Em meio aos trabalhos de apuração do caso, acompanhados da defesa, ambos se apresentaram ao SIG.

Nos depoimentos, o menor assumiu o homicídio, enquanto o rapaz negou ter qualquer tipo de participação, alegando ainda não possuir problema com o rapaz assassinado. 

O adolescente contou que no dia do crime, ele caminhava com Thalis e percebeu a faca na mão de Anderson.

Em posse de uma pedra, atingiu a vítima, derrubando a arma branca da mão dele. 

Logo em seguida, pegou o objeto e o esfaqueou por três vezes, deixando-a cravada nas costas. 

O jovem acabou encaminhado à Delegacia do Menor, enquanto Thalis foi indiciado pelo homicídio. 

 

Dourados News