Dourados-MS,
Semestre- Camara

Foto - Osvaldo Duarte

Jordão Pereira Coutinho, 24 anos, morreu esfaqueado em frente a uma conveniência localizada na Rua Hatsugiru Kudo, no bairro Estrela do Leste em Dourados. O caso aconteceu na noite de domingo (22), por volta das 20h30. 

Jordão teria chegado ferido gritando por socorro. O comércio já estava fechado, porém, populares atenderam o rapaz e acionaram o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Quando o socorro chegou Jordão já estava morto. Ele não resistiu ao ferimento localizado na lateral esquerda do corpo, na altura do peito. 

A vítima mora em apartamento próximo ao local onde morreu e a suspeita é que tenha sido esfaqueado em casa após briga. 

A Polícia Civil de Dourados investigará o caso. 

 

 

 

Dourados News

Caminhonete havia sido levada por assaltantes de Dourados no último dia 19 - Foto: Porã News

Agentes da comissária policial de Cerro Coraí, da Policia Nacional do Paraguai, em Pedro Juan Caballero, recuperaram neste sábado (21) uma caminhonete preta Toyota Hilux, de propriedade do vereador Idenor Machado (PSDB), da cidade de Dourados, que havia sido tomada em assalto no último dia 19. A ação foi realizada durante investigação de combate a roubos de veículos na cidade paraguaia.  

A operação culminou com a prisão do brasileiro Rene Pimentel (21) e das paraguaias Monica Colman Rivas (26), Elisa Aparecida Villagra Pimentel (18) e do adolescente L.F.O. (17). 

De acordo com informações do site Porã News, o trio foi encaminhado à comissária policial da colônia de Cerro Coraí e o caso comunicado à promotora de Justiça Sandra Dias, que ordenou a prisão dos envolvidos e a apreensão das evidências.

Investigações
A operação teve início após moradores alertarem a polícia sobre a existência de indivíduos transitando de forma suspeita pela região da fração Portal do bairro Cerro Coraí a bordo de uma motocicleta estrangeira e armados. Os policiais imediatamente iniciaram buscas pelos suspeitos, que poderiam ser os responsáveis pelos assaltos na região de fronteira. Ao perceber a presença policial, a dupla ainda tentou fugir, entrando em uma residência, mas acabou sendo abordada. 

Em poder de um dos ocoupantes da moto, foi encontrado e apreendido um revólver calibre 38. Durante vistoria na residência, os policiais localizaram a caminhonete, juntamente com as quatro motocicletas e diversos objetos que poderiam ser produtos de roubos e furtos na região de fronteira.

Durante a ação que levou à prisão dos suspeitos, também foram recuperadas quatro motocicletas da marca Yamaha, uma delas do modelo Yamaha XTZ 125, cor azul e branca, sem placa, uma moto estrangeira da marca Star CG 125cc, cor preta sem placas, uma moto Yamaha XR 600cc, cor branca com preta, placa SAR 503 Paraguai e uma moto Honda CB 300R, cor branca, sem placa e um revolver do calibre 38, além de um Notebook, um aparelho de televisão, dois aparelhos de celulares, capacete de motoqueiro e munições.

 

Correio do Estado

Foto - Osvaldo Duarte

Grupo de aproximadamente 30 indígenas invadiram a Fazenda Celeste, em Dourados, na noite de sexta-feira (20/7) e fizeram refém o caseiro do local. Conforme relato do homem à polícia, ele ficou ‘preso’ na propriedade entre 22h de ontem e 4h deste sábado. 

De acordo com o boletim de ocorrência registrado pela vítima, os invasores entraram na fazenda em posse de arma de fogo, arco, flecha e lanças. 

Durante o período em que ficou com o grupo informou ter sido torturado. Na delegacia, ele apresentou ferimentos pelo corpo e na cabeça.

Antes de ser liberado, os indígenas ainda roubaram do caseiro a carteira, aparelho de telefone celular e R$ 400.

Ao deixar a propriedade rural, ainda conforme o registro policial, o homem dirigiu até uma mercearia e foi levado até a casa de familiares, antes de denunciar o fato. A ocorrência foi registrada como lesão corporal, ameaça e violação de domicílio. 

A área segue ocupada. No passado, o local passou por outra invasão. 

A Fazenda Celeste fica na região próxima a avenida Guaicurus, via que dá acesso as universidades, aeroporto, Exército, distritos e vários bairros de Dourados. 

 

Dourados News

 

 

Foto - Osvaldo Duarte

Os suspeitos pelo duplo homicídio ocorrido na noite de terça-feira (17/7) em Dourados, teriam citado o nome da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), após o crime. O fato ocorreu na Comunidade Ouro Fino, local conhecido como ‘favelinha’, região da Sitioca Campo Belo.

De acordo com o boletim de ocorrência, Getúlio Vargas da Silva, acabou morto com quatro tiros, três deles nas costas e um no abdômen.

Já o outro rapaz, ainda não identificado, recebeu um tiro na cabeça e outros três na boca.

Conforme relato de testemunhas à polícia, foram ouvidos pelo menos 12 disparos no local e as palavras “aqui é PCC!”, na fuga dos suspeitos. Ainda segundo os populares, dois homens, aparentemente num GM Corsa Sedan branco, seriam os autores dos crimes. 

O corpo de Getúlio foi encontrado sobre a cama. Ele teria tentado fugir e acabou atingido nas costas. 

No barraco onde as vítimas estavam foram apreendidos ainda nove papelotes de pasta base de cocaína e seis munições calibre 38. O caso é investigado. 

 

 

Dourados News

Foto - Osvaldo Duarte

A maconha apreendida na manhã de sábado (21/7) na avenida Presidente Vargas, em Dourados, deve chegar a 2 toneladas, conforme estimativa inicial. A droga estava escondida em fundo falso de uma carreta Mercedes Benz, conduzida pelo douradense Anderson Trevisan Pires, 38, morador no Jardim Canaã III. 

O flagrante ocorreu por volta de 6h30. Policiais rodoviários federais realizaram a abordagem no trevo de acesso à Perimetral Norte. 

De acordo com relato do suspeito, o veículo foi carregado com o entorpecente em Amambai e seria levado até Guarulhos (SP). Pelo transporte ele afirmou que receberia R$ 15 mil. 

A polícia desconfiava que cocaína ou armas pudessem estar no fundo falso da carreta, porém, até o momento nenhum vestígio encontrado desses ilícitos. 

A ocorrência acabou encaminhada até o posto da PRF (Polícia Rodoviária Federal) de Dourados para pesagem da maconha. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado e auxiliou no corte da superfície metálica que escondia a droga. 

 

Foto - Divulgação

O vereador Idenor Machado (PSDB) teve sua camionete Hilux levada por uma dupla armada na noite de quinta-feira (19), quando chegava em casa. O vereador contou que chegou por volta das 22:30 horas e foi abordado por uma dupla armada em uma motocicleta. Um dos autores entrou na camionete e o fez sair do carro.

Já o outro arrancou de seu pescoço sua corrente de ouro e seus pertences, que estavam em seu bolso. Em seguida, os dois ladrões fugiram. Na fuga, o bandido que estava dirigindo a Hilux acabou batendo a lateral do carro em uma pilastra que fica em frente à casa do vereador, danificando a lateral da camionete. 

Câmeras de segurança de casa vizinha devem ajudar na identificação dos autores. Um dos bandidos era magro, estava bem vestido e tinha aproximadamente 1,70 de altura.

Foto - Osvaldo Duarte

Motociclista morreu na noite de domingo (15/7) após colidir contra dois veículos. O fato ocorreu por volta de 21h30 no cruzamento das ruas Monte Alegre com a Mato Grosso, região do Jardim Caramuru, em Dourados.

De acordo com o boletim de ocorrência, João Batista de Souza Gonçalves, 48, morador no Jardim Paulista, seguia pela rua Mato Grosso na Yamaha Factor e não respeitou a sinalização de parada obrigatória. 

Ao atravessar a Monte Alegre, colidiu contra um GM Zafira conduzido por homem de 46 anos e posteriormente, bateu no Honda Civic guiado pelo motorista de 53. 

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, porém, ao chegar no local a vítima já estava morta.  

 

 

Dourados News

Mais Artigos...