Dourados-MS,
BANNER 1 - Camra-20-11- (1000X90)

Prefeitura de Dourados, através da Secretária Municipal de Serviços Urbanos, divulgou uma resolução na quarta-feira (6), autorizando de forma excepcional, que as calçadas sejam utilizadas para exposição de produtos do dia 6 até o dia 12 de outubro, desde que não prejudique a circulação.

Segundo o secretário da pasta, Romualdo Diniz Salgado Júnior, a iniciativa é uma forma de incentivar o comércio. “Sabemos que a pandemia prejudicou o setor de vendas e nosso objetivo é contribuir com o comércio local, nesse momento de retomada das atividades”, pontuou.

Para o uso dos espaços é necessário observar algumas regras. Os estabelecimentos podem usar apenas a parte do passeio correspondente à testada do estabelecimento interessado, devem deixar livre para o trânsito público, uma faixa de passeio não inferior a dois metros, respeitando área suficiente para a passagem de cadeirantes e usuários do piso tátil.

Segundo o secretário, haverá fiscalização orientadora pelo o Departamento de Fiscalização e Posturas, para saneamento de dúvidas por parte dos comerciantes e de quem mais se fizer necessário.

Neste sábado (9), pessoas com 35 anos ou mais podem se vacinar no drive-thru do Pavilhão de Eventos Dom Teodardo Leitz, que fica ao lado da Prefeitura. A campanha Dourados Vacina tem poucas doses e, por isso, a vacinação drive-thru de amanhã terá início às 8h e seguirá até o término das 2.500 doses disponíveis.

Segundo o núcleo de imunização, devido ao quantitativo de doses, a vacinação Dose1 continua apenas no drive. Para se vacinar é preciso estar com um documento com foto, CPF e comprovante de residência.=

Para quem precisa tomar a dose 2, a imunização retorna na segunda-feira, tanto no drive do pavilhão, como nas unidades de saúde, para quem tomou a D1 de AstraZeneca até o dia 30 de abril.

É preciso ficar atento a data da Dose 2. Esta informação está no cartão de vacinação. O período de intervalo entre a Dose 1 e a Dose 2 para quem tomou AstraZeneca e Pfizer é de 90 dias. Para quem tomou Coronavac, o intervalo é de 28 dias.

Chegou em Dourados o MAIS DELIVERY, Seu Aplicativo Multidelivery
Nunca foi tão fácil, fazer seus pedidos e receber no conforto do seu lar!

 WhatsApp Image 2020 06 09 at 13.20.02

O Mais Delivery está em plena expansão e chegou a Dourados -MS, para proporcionar uma facilidade a mais aos usuários em poder usar um único aplicativo para pedir praticamente de tudo.

O Mais Delivery oferece um serviço diferenciado aos usuários, com uma grande variedade de estabelecimentos em diversas Categorias, nos diferenciamos por oferecer diversos segmentos, tais como: Pizzarias, hamburguerias, lanchonetes espetinhos, batatas recheadas, sorveterias, açaí, comida japonesa, bebidas tereré, gás de cozinha, e muito mais.


Nossa proposta é facilitar o contato entre consumidor e estabelecimento através da internet, democratizando e revolucionando a forma de pedir online.

Atualmente estamos atuando em 12 estados mais o Distrito Federal totalizando 50 cidades.


Você Usuário pode fazer seus pedidos através do:


APP


O aplicativo da Mais Delivery está disponível para download no Google Play e na App Store.


Link Para Download Android:


Clique Aqui


Link Para Download IOS


Clique Aqui


Instagram 


Clique aqui


As empresas interessadas devem preencher o pré cadastro no Mais Delivery através deste formulário que entraremos em contato!

Gerentes de Negócios:

Maysa Claudino - +55 67 99281-1030

Investigação aberta nesta semana pelo promotor de Justiça Ricardo Rotunno para apurar a regularidade de dispensas de licitação feitas pela Prefeitura de Dourados resultou em solicitação para que as empresas fornecedoras dos produtos enviem documentação para justificar eventuais aumentos de preços.

O Inquérito Civil nº 06.2020.00000466-0 tem foco com contratos homologados no dia 31 de março para aquisição de álcool em gel, avental descartável, de óculos de proteção e testes rápidos para diagnóstico do novo coronavírus (Covid-19), pelo valor total de R$ 247.960,00.

Em despacho proferido na terça-feira (7), o titular da 16ª Promotoria de Justiça determinou que fosse requisitado à Secretaria Municipal de Fazenda o envio de cópia integral dos processos de dispensa de licitação números 017, 018 e 019/2020/DL/PMD, no prazo de até 10 dias úteis, por e-mail.

Ele também ordenou que as empresas vencedoras dos certames, Aguia Distribuidora de Medicamentos e Suprimentos Eireli (CNPJ: 27.789.446/0001-01), J B Cardoso Serviço de Transporte Ltda - ME (CNPJ: 17.918.110/0001-30) e Diagnolab Laboratórios Eireli (CNPJ: 10.396.394/0001-00), no prazo de até 10 dias úteis, encaminhem relatórios com comprovação de preços por elas praticados, nos últimos 12 meses, para a venda dos produtos a serem fornecidos ao Município de Dourados, justificando eventual aumento dos valores.

Nesta semana, questionado sobre o fato de meio litro álcool gel 70% ter custado R$ 37,90 aos cofres públicos municipais, o advogado Alexandre Mantovani, assessor especial da prefeita Délia Razuk (PTB), encaminhou à imprensa a justificativa do departamento de licitações.

“Os orçamentos realmente estão acima dos valores normais, por conta da demanda. Falta matéria prima para fabricação, consequentemente as empresas quase não recebem produtos para fornecer. Então fica difícil os orçamentos. Quando tem eles dão preferência para quem paga a vista, que não é o caso da prefeitura. Sempre pagamos com um prazo de pelo menos trinta dias. Estamos com esse problema em todos os materiais de proteção, como, álcool gel, máscaras, avental, sapatilha propé e os testes covid”, detalhou.

No mês passado, por meio do Decreto nº 2.477 de 20 de março de 2020, a prefeita declarou situação de emergência no Município de Dourados por causa da pandemia do novo coronavírus e definiu medidas de enfrentamento da doença.

Com isso, autorizou dispensas de licitação e contração temporária de pessoal para atendimento da demanda emergencial.

 

 

DouradosNews

A Agetran de Dourados (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) começou o ano comemorando a redução do número de acidentes no comparativo entre 2019 e 2020.

O balanço mostrou que, entre janeiro e dezembro do ano passado, o órgão registrou 864 acidentes de trânsito. No mesmo período de 2019, foram 1.261 acidentes, o que representa uma redução de 31,48%.

Segundo a diretora-presidente interina da Agência, Mariana de Souza Neto, a pandemia do novo coronavírus refletiu no trânsito, colaborando com a queda dos registros.  “Vimos uma redução, mas ainda assim não é o ideal, enquanto houver acidentes graves e mortes temos a missão de melhorar o trânsito”, explica.

Em 2019 foram 52 acidentes fatais, contra 27 em 2020. Aqueles sem vítimas fatais também reduziram, de 672 para 502 no comparativo entre os anos. Os que foram registrados apenas como danos materiais caíram de 537 para 335.

A maioria das vítimas fatais é do sexo masculino (21), conforme aponta o relatório da Agetran. Das mortes causadas por acidentes, 13 foram de vítimas em veículos, 8 em motocicletas, 5 ciclistas e um pedestre.

Segundo a diretora, a maioria dos acidentes ainda são provocados pelo excesso de velocidade. “Por isso queremos intensificar as sinalizações”, pontua Mariana.

A Agetran realiza um estudo para levantar quais cruzamentos geram mais acidentes, quais são mais recorrentes nos registros, “os locais que aparecem muito nas estatísticas, nós vamos ver o que pode estar provocando e tentar solucionar”, explica a diretora.

Uma das ações previstas para 2021 é a retomada dos redutores de velocidade, as chamadas lombadas eletrônicas. O órgão já está em contato com o Governo do Estado para viabilizar a retomada dos equipamentos e para instalar novos em diferentes pontos da cidade. Além de manter os projetos de educação no trânsito, o objetivo é intensificar as fiscalizações.

Um pintor de 32 anos, que chegou em Dourados na noite de ontem com um amigo para iniciar um trabalho de pintura em um prédio comercial da cidade, localizado no Jardim Londrina, foi atingido no pé esquerdo com um disparo de arma de fogo.

A vítima procurou a Polícia Civil e relatou que estava com o colega aguardando a abertura da porta, momento em que dois homens passaram de motocicleta e um deles efetuou os disparos. O homem foi levado pelo Corpo de Bombeiros para uma unidade hospitalar.

 

 

DdosAgora

Everton Jonatas de Oliveira, de 32 anos, foi assasinado com cerca de 30 tiros no Parque das Nações I, em Dourados. Esse é o quarto homicídio registrado nas últimas 48h no município.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima estava com amigos na varanda de uma quitinete, quando foi surpreendido por três homens que efetuaram os disparos de pistola 9mm.

Os autores do homicídio ainda não foram identificados. No horário do crime chovia bastante. Equipes de socorro foram acionadas, porém o homem não resistiu e morreu na hora. A Polícia Civil investiga o caso.

Mais Artigos...