Dourados-MS,
Parceiros1
Grid List

Geraldo de Souza Pereira Neto, 41 anos, foi encontrado morto na cela 47 da Penitenciária Estadual de Dourados. Ele cumpria pena na cela 17. 

Segundo apurado pelo Dourados News, o espaço onde o corpo foi achado fica na galeria ‘A’ superior, no raio 2. O corpo estava pendurado no cambão de segurança da porta. 

A morte do detento foi descoberta ontem (14/1) após o banho de sol. O caso foi registrado como morte a esclarecer no 2° Distrito Policial.

Rapaz identificado como Gabriel, de 22 anos, morador no Jardim Canaã 1, foi preso na tarde de ontem (13/1) após invadir e furtar a casa de um idoso de 61 anos na rua José de Alencar, próximo à Madeireira Sucupira, na região do Jardim Alambra.

Conforme o boletim de ocorrência, Gabriel teria invadido o quintal da casa e estourado a porta. Do imóvel, ele levou 50 metros de fio, duas torneiras e dois chuveiros. 

O proprietário acionou a Guarda Municipal, que após rondas pela região localizou o autor e o encaminhou para o 2° Distrito Policial. Lá o rapaz foi autuado em flagrante pelo furto. Ele já cumpriu pena por homicídio em Dourados.

Por volta das 12h desta segunda-feira (13/1), Vânia D.S.G. de 23 anos foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) na rua Elias Milan, bairro Jardim Flórida, e levada ao HV (Hospital da Vida) onde está internada. 

De acordo com informações de Boletim de Ocorrência, a indígena foi atingida por nove facadas. Os golpes atingiram as mãos, rosto e abdome. 

Vânia, apesar de ser indígena, não pertence a uma aldeia fixa. Ela contou aos policiais que seguia pela rua José Roberto Teixeira acompanhada de outras pessoas quando discutiu com outra indígena identificada apenas como “Sílaba”. 

As duas mulheres começaram a brigar e a acusada retirou uma faca que estava em uma mochila e desferiu os golpes contra Vânia que correu e acabou caindo na extensão da rua Elias Milan. A bicicleta da vítima foi levada pela acusada. 

Apesar da quantidade de ferimentos, Vânia não corre risco de morte e segue internada no HV. O caso foi registrado na 1° Delegacia de Polícia Civil de Dourados como roubo seguido de tentativa de homicídio. 

Um motorista de aplicativo, de 44 anos, que estava desaparecido há 15 dias, foi encontrado morto, nesta quinta-feira, dia 19 de setembro, às margens da rodovia BR-262, na saída para Três Lagoas, em Campo Grande.

Segundo o site Campo Grande News, em seu último contato por chamada de vídeo com a esposa, no dia 04 de setembro, Ivonaldo Miguel Rosa estava aparentemente abatido, segundo a mulher. Ainda conforme o boletim de ocorrência sobre o desaparecimento ela teria pedido para que ele a fosse buscá-la no emprego, pois precisava ir ao médico, mas ele disse que não poderia.

A esposa do rapaz desligou o telefone e ao chegar em casa encontrou o veículo de Ivonaldo, seus documentos e o celular, mas desde então ela não era mais visto. À polícia a esposa do rapaz ainda relatou que o casal passava por dificuldades financeiras. Ele era técnico de informática, mas há dois anos trabalhava como motorista.

Segundo a mulher o marido também tinha surtos frequentes em que dizia que ia se matar. Contudo, nesta quinta-feira (19) ele foi encontrado à margem da rodovia e os indícios no corpo, indicam que a causa da morta tenha sido por asfixia.

O corpo foi reconhecido pela família no IML (Instituto Médico Legal) e a perícia ainda deve confirmar se a morte foi de fato decorrente de um suicídio.

Funcionários e clientes da farmácia Pag Menos, localizada na Avenida Calógeras, na região central de Campo Grande, foram rendidos por um bandido armado na noite de ontem (23). O assaltante deixou o local levando dinheiro e celulares.

Segundo informações do boletim de ocorrência, uma mulher de 50 anos procurou a polícia e relatou que, ao entrar na farmácia, por volta das 19h20, foi rendida por um assaltante que estava atrás do balcão.

O bandido anunciou o assalto, mandou que a vítima entregasse a bolsa e fosse para os fundos do prédio, onde estavam outros clientes e funcionários do estabelecimento.

Pouco tempo depois, o bandido fugiu do local levando celulares e dinheiro das vítimas. Não foi informado o valor que o suspeito levou da farmácia.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

(Campo Grande News)

Foto: WhatsApp/Correio Do Estado

Campo Grande

O guarda municipal Everton Alves da Silva, de 30 Anos, morreu ao voltar do seu trabalho na Avenida Gury Marques, próximo a Rua Osvaldo Aranha, na Vila Concórdia em Campo Grande. 

Segundo informações preliminares, o acidente aconteceu por volta das 05h40 e ele poderia ter dormido na condução.  A moto é um modelo CB 300 azul. 

Equipes do Corpo de Bombeiros e Samu foram acionadas para a ocorrência. A Policia Militar está presente e o corpo ja foi retirado do local. 

A assessoria da Guarda Municipal informou que ele era servidor desde 2010.

Advertisement