Dourados-MS,
Câmara_lupa

Sonda espacial chinesa faz 1º pouso da história no 'lado oculto da Lua'

China consegue administrar pouso inédito de uma sonda na Lua Foto: Reprodução da internet

Tecnologia
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Uma sonda espacial chinesa aterrissou com sucesso no outro lado da Lua nesta quinta-feira, dia 3, segundo informou a mídia estatal. A ação foi registrada como um primeiro pouso histórico em uma missão vista como um passo importante para o programa espacial da China. A televisão estatal chinesa disse que a sonda lunar Chang'e-4, lançada em dezembro, fez o "pouso suave" às 10h26, no horário de Pequim — 0h26 de Brasília.

Uma imagem tuitada pela versão em inglês do CCTV mostrou uma foto da superfície da lua. Ao contrário da face da Lua mais próxima da Terra, que está sempre voltada para o nosso planeta, nenhuma sonda ou qualquer módulo de exploração pousou na superfície do lado oposto. 

Ver imagem no Twitter

A face oculta é montanhosa, pontilhada de crateras, enquanto a face visível tem várias superfícies planas para se empoleirar.

Um dos maiores desafios é se comunicar com o robô lunar. Como a face escura da Lua está orientada na direção oposta à Terra, não há "linha de visão" direta para transmitir sinais, a menos que um relé seja instalado.

Assim, a China lançou em maio um satélite chamado Queqiao, posicionado na órbita lunar para transmitir ordens e dados trocados entre a Terra e o módulo.

O Chang'e-4 realizará estudos sobre baixas frequências de rádio, o cultivo de tomates em outros planetas e recursos minerais, entre outras coisas.

Esta é a segunda vez que a China enviou um veículo para explorar a superfície lunar após Yutu ("Jade Rabbit") em 2013, que permaneceu ativo durante 31 meses.

Imagem do local de pouso da Chang’e-4 Foto: CNSAImagem do local de pouso da Chang’e-4 Foto: CNSAO Globo