Dourados-MS,
Prefeitura1

Cesta básica em Dourados tem alta de 0,8%, revela pesquisa do Procon

Economia
Fonte
  • Extra-Pequena Pequena Media Grande Extra-Grande
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O Procon (Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor), realizou pesquisa de preços dos produtos que compõem a cesta básica em 10 supermercados da cidade.

Nesta pesquisa, foram coletados preços de 29 itens, sendo considerados para levantamento produtos pré-definidos. Os itens estão sendo divulgados nesta pesquisa.

Os produtos apresentaram variação significativa de um estabelecimento para outro, onde a batata kg apresentou diferença de 141,82% entre o menor e o maior preço; a cebola kg teve diferença de 184,24% entre o menor e o maior preço; a farinha de mandioca 1 kg teve diferença de 105,00%; o sal kg teve diferença de 151,90% e o alho 200 gramas diferença de 127,40%.

Foram encontrados 16 produtos com diferença superior a 100% entre os estabelecimentos com menor preço para o maior, como, por exemplo, o fubá, o papel higiênico, o extrato de tomate e erva-mate tereré.

A diferença do estabelecimento com menor preço e o de maior preço nesta pesquisa é de 42,3%.

Em relação à pesquisa do mês de outubro de 2019, houve aumento de 0,8% no valor global dos produtos. Sendo que a cebola apresentou queda de 41,32% e a batata queda de 15,67%.

Nesta pesquisa o Procon inclui o valor do frango inteiro congelado e o leite em pó integral em substituição ao composto lácteo com açúcar utilizado nas pesquisa anteriores.

O Procon alerta que consumidor deve ficar atento às especificações contidas na embalagem, como prazo de validade, composição e peso líquido do produto.

O telefone do órgão de defesa do consumidor em Dourados é 3411-7754 ou 151