All for Joomla All for Webmasters
reforma ensino medio
The current Bet365 opening offer for new customers is market-leading bet365 mobile app You can get a free bet right now when you open an account.

Moto G5 e Moto G5 Plus têm corpo em alumínio e rodam Android 7.0

Moto G5 e Moto G5 Plus têm corpo em alumínio e rodam Android 7.0

O Moto G5 e o Moto G5 Plus são uma realidade. A Motorola anunciou a nova geração de celulares em uma coletiva de imprensa que antecede a feira mundial de celulares, em Barcelona (MWC 2017), neste domingo (26). Ambos têm corpo em alumínio e rodam a versão mais recente do sistema operacional móvel do Google, o Android 7.0 (Nougat). Os dois aparelhos serão vendidos a partir de março, em todo o mundo, apenas em duas cores: dourado e grafite.

Para perceber a diferença entre os dois modelos é preciso olhar para a tela: o G5 é ligeiramente menor, com display de 5,0 polegadas, enquanto o G5 Plus oferece 5,2 polegadas de tela. O Moto G5 custará €199 (ou cerca de R$ 650, sem taxas e impostos) e o Moto G5 Plus na versão mais simples por US$ 229 (aproximadamente R$ 710, sem taxas e impostos).

“Nós estamos ganhando mercado no mundo, principalmente na Índia. No Brasil, somos o segundo lugar em vendas e isso é motivo de orgulho”, disse o CEO da Motorola Mobility, Aymar de Lencquesaing. 

O presidente-executivo também afirmou que a linha Moto G foi a mais vendida historicamente para a Motorola em todo o mundo e que isso aconteceu pelo compromisso de unir boas especificações técnicas com um preço adequado, acessível a quem deseja comprar um novo smartphone.

Acabamento e tela

Neste ano, a empresa resolveu investir em um acabamento premium de metal, dando um aspecto mais bonito no aparelho, se parecendo menos com as versões anteriores do celular. A tela do novo Moto G é de 5 polegadas e a do novo Moto G Plus de 5.2 polegadas — as duas Full HD 1080p.

Processador e câmera

O Moto G5 possui um processador Snapdragon 430 (1.4 GHz octa-core) e câmera de 13 megapixels com detecção automática — e rápida— de foco. Já o Moto G5 Plus tem processador Snapdragon 625 (2.0 GHz octa-core), que já era presente no Moto Z Play e aumentava consideravelmente a performance, e câmera de 12MP. Essa versão pode fazer gravações de vídeo em 4K, diferentemente do aparelho de menor desempenho que suporta Full HD. Ambos possuem câmera frontal de 5MP.

As duas capacidades de armazenamento do Moto G5 são 16GB e 32GB, com suporte a cartão microSD até 128GB. Já o G5 Plus apresenta 32GB e 64GB. A memória RAM de ambas versões variam de 2GB a 4GB de acordo com o local de venda — a fabricante não revelou qual chegará ao Brasil.

Os dois aparelhos possuem suporte a mais de um chip (SIM card). A bateria do G5 é de 2,800mAh e a do G5 Plus é de 3,000mAH. Os dois aparelhos suportam o carregador de 10W da Motorola que dá algumas horas de energia em poucos minutos, com carregamento rápido de bateria.

Na versão que será lançada nos Estados Unidos, os aparelhos não contam mais com NFC, utilizado para pagamentos e perdem a capacidade de realizar pagamentos com o Android Pay.

Android Nougat

As duas versões do Moto G 5 utilizam o Android 7.0 Nougat. Uma novidade é que é possível desativar os botões inferiores padronizados do sistema que servem para voltar, acessar a home e ver os aplicativos abertos e utilizar o sensor de leitura de digitais para, com gestos, exercer essas atividades.

Moto Mods da Lenovo

A Lenovo — atual dona da Motorola — apresentou alguns Moto Mods, complementos que anexados ao aparelho podem trazer novas funções. Um dos exemplos foi um módulo que aumenta a capacidade multi chip do telefone e outro que é capaz de transformar o smartphone em robô.

A Amazon anunciou também a chegada da sua assistente virtual Alexa em forma de módulo nos aparelhos da Motorola, que comanda o Amazon Echo, sistema de automatização residencial.

 

Por:  Thássius Veloso com Gabriel Galli - Tech Tudo (MWC 2017, em Barcelona)