All for Joomla All for Webmasters
The current Bet365 opening offer for new customers is market-leading bet365 mobile app You can get a free bet right now when you open an account.

Donos do Galaxy S7 Edge reclamam de "linha da morte" rosa; entenda o bug

Donos do Galaxy S7 Edge reclamam de "linha da morte" rosa; entenda o bug

Alguns donos do Galaxy S7 Edge, o smartphone mais poderoso da Samsung, estão se queixando de um novo problema na tela do smartphone. De acordo com eles, uma linha rosa surge no display, aparentemente sem motivo. As reclamações ganharam destaque nas últimas semanas, inclusive com consumidores brasileiros afetados pelo defeito.

Os relatos de usuários dão conta de que uma linha rosa aparece de forma misteriosa no lado direito da tela do smartphone, se estendendo por todo comprimento do display do S7 Edge. Na maioria dos casos, o celular não tem muito tempo de uso, nem danos causados por mau uso. Ao que tudo indica, o problema só afeta a versão com tela curva da marca, que é vendido atualmente por quase R$ 3.000.

Apesar de o assunto estar em voga em 2017, algumas reclamações são bastante antigas. Um usuário se queixou no site Reclame Aqui, ainda em agosto do ano passado, de uma "uma linha rosa na vertical no canto direito da minha tela, a famosa linha da morte". De acordo com ele, a assistência técnica pediu 30 dias para trocar o display.

Outro proprietário de S7 Edge enviou o smartphone para o suporte técnico. Ele relatou uma espera de 15 dias, para só então ficar sabendo que não havia previsão para receber o smartphone consertado. Depois de idas e vindas, a fabricante sul-coreana se dispôs a devolver o dinheiro referente ao telefone, mas o consumidor considerou a solução injusta porque o Edge "foi adquirido com um desconto em um plano pós-pago, gerando fidelidade de um ano e multa".

A Samsung não explicou se a origem do problema estaria no hardware ou software do aparelho. Entretanto, os usuários acreditam que o defeito seja decorrente de algum dano no circuito interno do celular. Apesar das várias reclamações, o cenário está longe de ser parecido com o do Galaxy Note 7, que teve sua fabricação encerrada por conta de problemas na bateria.

No exterior, a subsidiária da Samsung na Bélgica, Holanda e Luxemburgo se comprometeu a trocar os modelos defeituosos desde que eles não apresentem danos provenientes de queda.

Em resposta ao TechTudo, a Samsung brasileira classificou os casos como "pontuais". A empresa recomendou que os consumidores busquem a "equipe de atendimento ao consumidor pelo telefone 4004-0000 (capitais) e 0800-124-421 (demais cidades) para obter uma solução”.

O lançamento do Galaxy S7 Edge no Brasil foi em março de 2016 pelo preço sugerido de R$ 4.299 – na ocasião, o mesmo valor que a Apple pedia pelo iPhone 6S Plus. O aparelho conta com uma tela curva de 5,5 polegadas, com tecnologia Super AMOLED e resolução Quad HD (2560 x 1440). Além disso, tem memória RAM de 4 GB, câmera traseira de 12 megapixels, câmera frontal de 5 MP e resistência à água, conjunto que faz dele o principal concorrente do iPhone 7. Quase um ano depois, é possível encontrá-lo em lojas virtuais na faixa dos R$ 2.800.

 

Por: Aline Batista - Tech Tudo