Dourados,MS
The current Bet365 opening offer for new customers is market-leading bet365 mobile app You can get a free bet right now when you open an account.

Temer recebe presidente da Bolívia nesta terça-feira, após dois adiamentos

Temer recebe presidente da Bolívia nesta terça-feira, após dois adiamentos
04/12/2017 -

O presidente da Bolívia, Evo Morales, virá a Brasília amanhã (5) para encontrar-se com o presidente Michel Temer. Temer receberá Morales no Palácio do Planalto às 11h. Em seguida, participarão de um encontro bilateral e de uma cerimônia de assinatura de atos. A agenda oficial de ambos termina com um almoço oferecido por Temer em homenagem a Morales, no Palácio do Itamaraty.

A visita já deveria ter ocorrido desde outubro, mas foi adiada duas vezes, nas últimas semanas, devido aos problemas de saúde do presidente brasileiro.

Segundo um assessor próximo de Temer, a visita tem um efeito simbólico, sinalizando a intenção da Bolívia em manter boas relações com o governo de Michel Temer. De acordo com esse mesmo assessor, a ideia do encontro partiu do país vizinho. Morales foi um dos críticos do impeachment de Dilma Rousseff e, como o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, o boliviano manifestou-se nas redes sociais contra o que chamou de “golpe”.

Mas Morales tem interesses comerciais na visita. A Bolívia quer expandir seus parceiros comerciais de gás e vender o excedente de produto que não está sendo consumido atualmente pela Petrobras, comprador do gás boliviano. A intenção já havia sido manifestada pelo país vizinho no início do ano.

Dois adiamentos

A visita havia sido marcada para ocorrer nas últimas semanas, mas foi adiada duas vezes, ambas por questões envolvendo a saúde de Temer.

Na primeira, que aconteceria em 30 de outubro, foi adiada porque Temer precisou se submeter a uma cirurgia urológica para desobstrução da uretra. A Secretaria de Comunicação da Presidência da República já havia divulgado a visita de Morales na agenda de Temer, sendo cancelada posteriormente.

O encontro foi, então, remarcado para a última semana de novembro, mas o presidente foi submetido a uma angioplastia no coração no dia 24, ficando internado até o dia 27, quando aconteceria a visita já remarcada do presidente boliviano.

Agencia Brasil