The current Bet365 opening offer for new customers is market-leading bet365 mobile app You can get a free bet right now when you open an account.

Caminhão atropela e mata 8 em Nova York; caso é tratado como terrorismo

Caminhão atropela e mata 8 em Nova York; caso é tratado como terrorismo

Um veículo invadiu uma ciclovia e caminho de pedestres no sul de Manhattan, em Nova York, atropelando "múltiplas" pessoas na tarde desta terça-feira (31).

Várias morreram ou ficaram feridas, segundo as autoridades. Às 19h20, o prefeito Bill de Blasio disse que havia oito mortes confirmadas. De Blasio classificou o caso como um ato de terrorismo.

Após atingir os ciclistas, o veículo seguiu pela rua e bateu num outro carro. O suspeito saiu e mostrou réplicas de armas, sendo em seguida alvejado pela polícia e detido.

Seis pessoas morreram no local e duas foram declaradas mortas ao chegarem ao hospital. Onze pessoas feridas também foram transportadas para receber atendimento médico, mas é possível que existam outras vítimas que deixaram o local por conta própria, afirma o chefe de polícia.

O jornalista da CNN Jim Sciutto afirma, segundo "múltiplas fontes", que o suspeito gritou "Allahu Akhbar" (Deus é Grande, em árabe).

Um vídeo aparentemente filmado no local e que circulou online mostrou bicicletas espalhadas e duas pessoas deitadas no chão.

À agência AP, polícia e testemunhas diseram que o motorista invadiu uma ciclovia movimentada perto do memorial do World Trade Center e atingiu várias pessoas. Em seguida, ele teria saído do veículo gritando e disparando algo que parecia ser uma arma.

Um homem que estava andando em um Uber no local diz que viu várias pessoas sangrando no chão depois que um caminhão as atingiu.

“Nós pensamos que as armas eram de brinquedo e que era uma brincadeira de Halloween”, disse a estudante Laith Bahlouli, 14, ao jornal “New York Dail News”. “Então houve a batida, e ele começou a atirar.”

Alif Rahman, 14, colega de Bahlouli, afirmou ao mesmo jornal que ouviu “de quatro a seis tiros” e conseguiu ver dois corpos debaixo de cobertores da polícia.

"Aconteceu do nada", disse um entrevistado à CNN, sem se identificar.

"Eu estava andando na rua. Era um dia normal e então, do nada, vi pessoas correndo e gritando e, então, muitos tiros, um atrás do outro."

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi informado do ataque, e disse no Twitter que "parece um outro ataque de alguém muito doente e perturbado".

Donald J. Trump
@realDonaldTrump

In NYC, looks like another attack by a very sick and deranged person. Law enforcement is following this closely. NOT IN THE U.S.A.!

6:30 PM - Oct 31, 2017
  • 9,6289,628 Replies
  • 8,8148,814 Retweets
  • 27,88427,884 likes
Twitter Ads info and privacy

De acordo com o SITE Intel Group, que monitora grupos extremistas na internet, o Estado Islâmico divulgou em agosto uma foto de uma pessoa segurando um celular com o logo do grupo jihadista, em um local que seria a menos de 1,6 km do local do incidente desta terça-feira (31).

De acordo com o SITE Intel Group, o grupo Estado Islâmico divulgou em agosto esta foto de uma pessoa segurando um celular com o logo do grupo jihadista em um local que seria a menos de 1,6 km do local do incidente desta terça-feira (31) (Foto: SITE Intel Group)De acordo com o SITE Intel Group, o grupo Estado Islâmico divulgou em agosto esta foto de uma pessoa segurando um celular com o logo do grupo jihadista em um local que seria a menos de 1,6 km do local do incidente desta terça-feira (31) (Foto: SITE Intel Group)
De acordo com o SITE Intel Group, o grupo Estado Islâmico divulgou em agosto esta foto de uma pessoa segurando um celular com o logo do grupo jihadista em um local que seria a menos de 1,6 km do local do incidente desta terça-feira (31) (Foto: SITE Intel Group)
Investigadores inspecionam um caminhão após incidente em Nova York (Foto: Don Emmert/AFP)Investigadores inspecionam um caminhão após incidente em Nova York (Foto: Don Emmert/AFP)
Investigadores inspecionam um caminhão após incidente em Nova York (Foto: Don Emmert/AFP)
Polícia e ambulâncias vão a local em que ocorreu um tiroteio nesta terça-feira (31) em Manhattan (Foto: AP Photo)Polícia e ambulâncias vão a local em que ocorreu um tiroteio nesta terça-feira (31) em Manhattan (Foto: AP Photo)
Polícia e ambulâncias vão a local em que ocorreu um tiroteio nesta terça-feira (31) em Manhattan (Foto: AP Photo)
Policial é visto ao lado de corpor coberto perto de uma ciclovia nesta terça-feira (31) em Nova York (Foto: AP Photo/Bebeto Matthews)Policial é visto ao lado de corpor coberto perto de uma ciclovia nesta terça-feira (31) em Nova York (Foto: AP Photo/Bebeto Matthews)
Policial é visto ao lado de corpor coberto perto de uma ciclovia nesta terça-feira (31) em Nova York (Foto: AP Photo/Bebeto Matthews)
Mulher recebe atendimento após ficar ferida em incidente em uma ciclovia nesta terça-feira (31) em Nova York (Foto: REUTERS/Brendan McDermid)Mulher recebe atendimento após ficar ferida em incidente em uma ciclovia nesta terça-feira (31) em Nova York (Foto: REUTERS/Brendan McDermid)
Mulher recebe atendimento após ficar ferida em incidente em uma ciclovia nesta terça-feira (31) em Nova
York (Foto: REUTERS/Brendan McDermid)
Mapa do incidente em Nova York (V2) (Foto: Arte/ G1)Mapa do incidente em Nova York (V2) (Foto: Arte/ G1)Mapa do incidente em Nova York (V2) (Foto: Arte/ G1)

g1.globo.com