Dourados,MS
The current Bet365 opening offer for new customers is market-leading bet365 mobile app You can get a free bet right now when you open an account.

Partidos em MS se esvaziam com a saída de importantes lideranças

Partidos em MS se esvaziam com a saída de importantes lideranças
10/02/2018 -

Com a entrada do ano eleitoral, alguns partidos começaram a perder importantes líderes. O PSC, PSB e PDT terão de buscar novos aliados para conseguir uma boa posição na corrida eleitoral de 2018.

O senador Pedro Chaves (PSC), por exemplo, já anunciou que vai tentar a reeleição, mas pelo PRB. Chaves não é o único que está aproveitando a janela eleitoral para mudar de sigla.

A desfiliação do senador está marcada para o dia 25 deste mês e a filiação ao PRB deve acontecer no dia seguinte, na Associação Nipo-Brasileira, em Campo Grande. Está prevista a vinda do presidente nacional do partido e ex-ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Marcos Pereira.

“Diante do quadro eleitoral no meu Estado, decidi pela reeleição ao mandato no Senado Federal. E essa definição influenciou no meu desejo de seguir no PRB esse projeto”, destacou Chaves.

O ex-deputado estadual Carlos Alberto David dos Santos (PSC), o Coronel David, também vai deixar a legenda. Ficando apenas o prefeito de Rio Verde de Mato Grosso, Mario Alberto Kruger, como filiado com mandato. A janela eleitoral permite até o dia 7 de abril a mudança de partido.

Outra sigla que tem diminuído com relação aos filiados com mandato é o PSB. O partido já perdeu a deputada federal Tereza Cristina, que foi para o DEM, e corre o risco de ficar sem o deputado estadual José Carlos Barbosa, o Barbosinha. Sobrando apenas o vereador de Campo Grande Carlos Augusto Borges, o Carlão, com mandato na Capital.

A saída de Barbosinha ainda não está certa. O deputado e ex-secretário de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul tem conversado com lideranças regionais para ser designado presidente da sigla no Estado.

Correio do Estado