The current Bet365 opening offer for new customers is market-leading bet365 mobile app You can get a free bet right now when you open an account.

PDT oficializa Odilon de Oliveira e discute pré-candidatura

PDT oficializa Odilon de Oliveira e discute pré-candidatura

Mesmo que as convenções partidárias para oficializar as chapas que disputarão as eleições do ano que vem só aconteçam a partir do segundo trimestre de 2018, o Partido Democrático Trabalhista (PDT), realiza um ato público neste sábado (11), no Ondara Pálace, no Jardim Veraneio, para oficializar a filiação do juiz federal aposentado Odilon de Oliveira ao partido e definir sua pré-candidatura, ao Governo do Estado, ou ao Senado Federal, conforme divulgado nas últimas semanas na mídia estadual.

O ato, que deve contar com a participação do presidente nacional do PDT, ex-sindicalista e ex-ministro Carlos Luppi; do presidenciável Ciro Gomes e do presidente regional do partido, deputado federal Dagoberto Nogueira Filho, além de outras lideranças estaduais e municipais, vai dar legitimidade à pré-candidatura de Odilon de Oliveira, que poderá realizar contatos e manter reuniões com as excutivas municipais pelo interior do Estado e fortalecer seu nome para uma das duas principais disputas eleitorais de 2018.

Nas entrevistas que concedeu aos meios de comunicação no Estado durante a semana, Odilon de Oliveira manteve dúvidas quanto ao cargo que pretende concorrer no ano que vem, afirmando que, como julgador, gostaria de atuar nas duas frentes – executivo e legislativo – para poder contribuir com seus conhecimentos na conquista de melhorias para a população. "Vamos ouvir os colegas de partido, as lideranças e definir que cargo a disputar ano que vem", tem afirmado o juiz federal aposentado.

Por não ter ligações políticas em seu passado, durante o período em que exerceu a magistratura e conhecido pela aplicação de penas duras principalmente a acusados de tráfico e de crimes de sonegação e lavagem de dinheiro, Odilon de Oliveira é considerado um nome novo no cenário político, despojado de vícios causados pelas atuações de políticos que se desgastaram nos últimos anos e bem colocado nas pesquisas já realizadas no Estado, tanto para governo, quanto ao Senado.

Porém, as principais lideranças do PDT, tanto nacionais, quanto estaduais – incluindo Dagoberto Nogueira – defendem enfaticamente que Odilon de Oliveira seja candidato ao Governo do Estado, o que poderia facilitar as eleições de um senador e de conquista de mais cadeiras na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa no ano que vem. A exceção é o deputado estadual George Takimoto (PDT-Dourados), que já anunciou a intenção de buscar outro partido para dar continuidade a seus projetos políticos.

A reunião de oficialização da filiação de Odilon de Oliveira acontece no Ondara Pálace, localizado na Rua Desembargador Leão Neto do Carmo, 1464, no Jardim Veraneio, no Parque dos Poderes.

Dourados Agora